Vamos falar de


sábado, 24 de outubro de 2009

Quando a falta de vergonha e a cobardia ultrapassam os limites do razoável.

Quando a falta de vergonha e a cobardia ultrapassam os limites do razoável não podemos ficar calados.

Que se discorde e assuma essa postura publicamente, é saudável e faz parte do exercício da democracia. Que se faça isso mesmo de forma anónima mas educada ainda se admite embora isso já demonstre uma atitude de cobardia pouco saudável. Que se insulte anonimamente é absolutamente inconcebível.

Não posso deixar de me revoltar publicamente contra todos aqueles que em nome da democracia publicam num Blog de nome “Mértola à Deriva” textos e comentários atentatórios á dignidade de uma pessoa que é um exemplo para Mértola. Apelamos aqui a todos os mertolenses que publicamente se manifestem contra este atentado á dignidade da Maria Fernanda Romba Adanjo da Silva Martins.

Porque não vale a pena enterrar a cabeça na areia e fingir que não se passa nada, para que todos saibam e para memória futura aqui ficam algumas das barbaridades publicadas:

(…) ela é de facto uma boa actriz. Sabe representar em função dos interesses em jogo. Veja só que nessa organização do voluntariado faz "gato sapato" das que com ela colaboram. As mais aguerridas e avessas à prepotência abandonaram essa actividade, ficando só as serviçais que por acefalia ou tolerância aina acreditam que a actividade é de benemerência. Ela bem se tem aproveitado dos idosos e carentes a quem vai distribuindo alimentos para angariar votos. É o que se chama de apanhar uvas na própria vinha e na do vizinho: um pé cá e outro lá. De resto analisem o que de importante tem feito na vida....mera funcionariazinha administrativa...(…)

(…) A D. Fernanda Romba num acto de prepotência desmedida, anti-democrata e irresponsável recusou trabalhar com eleitos de outras forças politicas (isto é o verdadeiro facto). Este comportamento revela o carácter da pessoa em causa, deixando cair o véu, mostrando a sua verdadeira personlidade.(…)

(…) Meus amigos, ela foi muito esperta! Renunciou agora porque nao tinha a maioria.Nas eleições daqui a seis meses ELA VAI TER A MAIORIA, pq até la pode distribuir mais envelopes (…)

(…) Costumo participar em acções de voluntariado, mas aqui em Mértola nem um saco de arroz irá parar ás mãos da Fernanda Romba.
Não estou para ser utilizada para satisfazer a sede de poder omnipotente que esta senhora alimenta. (…)

É esta a linguagem utilizada para classificar a Fernanda Romba num blog anónimo, conotado com a CDU. Aqui fica o desafio a essa força política para publicamente se demarcar desta vergonha.

Não acredito que algumas pessoas da CDU e do MIM se revejam nesta linguagem, não acredito mesmo.

Apelamos a todos os mertolenses que se manifestem da forma que puderem contra esta VERGONHA.

1 comentário:

  1. @sr administrador

    compreendo que todas estas palavras pareçam (e são) monstruosas, ofensivas, caluniosas e de todo improprias para serem dirigidas à D. Fernanda Romba, que conhecemos e sabemos que não só não as merece como não tem, na sua pessoa, significado para elas. São palavras feias e que a ser escritas, só poderiam se-lo por gente sem nome, sem cara, sem carácter! e por isso as palavras que transcreve deveriam ficar onde estão, na imundice moral daquele pobre blog, de gente que anda desorientada por ter as medidas curtas.

    Todos solidários com a D. Fernanda sim! Já o somos, somos desde o dia em lhe demos a vitória! Voltaremos a ser solidários, amigos, e irmãos quando daqui a 6 meses dermos à D. Fernanda e à sua Grande equipa uma vitoria absoluta!

    E vem-me à memória uma frase batida: "palavras, leva-as o vento!"

    ResponderEliminar

Voltamos a ter comentários abertos, mas moderados. Agradecemos educação e cuidado com a linguagem.