Vamos falar de


terça-feira, 10 de novembro de 2009

Há 20 anos

O derrube de um muro. A queda de um regime opressor.

Foto: Reuters


Foto: João Espinho

5 comentários:

  1. E era este regime que queriam importar para cá.E era este o regime que era o modelo para os trabalhadores que não tinham voz nem representações sindicais. Povo livre nunca permitiremos que calem a nossa voz. Por isso devemos estar sempre atentos aos comunistas deste País que ainda elegem como exemplos a Correia do Norte e Cuba do Fidel.Viva a liberdade.

    ResponderEliminar
  2. Se o caro bresnev me autorizar, concordando com o seu post, substituiria apenas Povo livre por Povo, para evitar outras conotações...

    ResponderEliminar
  3. Abaixo os muros. Todos os muros. Caiu o de Berlim, mas no ocidente todos os dias calamos os outros...

    Se me permites, caro Carlos, atrevo-me a deixar aqui links para dois posts do meu blogue:

    http://avenidadasaluquia34.blogspot.com/2009/11/berliner-mauer.html

    http://avenidadasaluquia34.blogspot.com/2009/11/muros-muito-menos-populares-que-o-de.html

    ResponderEliminar
  4. que pontaria Santiago estive agora mesmo a ler os ditos posts e tentado a copia-los para aqui. Fica para amanhã.

    ResponderEliminar
  5. Acabei de visitar os links que o Santiago recomendou.Mas haverá porventura ainda mais do que aqueles que lácita.
    Mas o de Berlim foi aquele que mais nos afectou.Não deixemos de condenar e tudo fazer para como aquele muro mais nenhum se erga. E todos sabemos que aquele foi o inspirador doutros ainda que por razões diferentes.
    Vamos agora comemorar o derrube deste não desculpando por haver outros. A partir de agora vamos todos contribuir que para os outros erguidos sejam derrubados.

    ResponderEliminar

Voltamos a ter comentários abertos, mas moderados. Agradecemos educação e cuidado com a linguagem.