Vamos falar de


sábado, 3 de outubro de 2009

PS Mértola denuncia alegadas “irregularidades” em Santana de Cambas


NOTA DE IMPRENSA


30.09.2009

O Tesoureiro da Junta de Freguesia de Santana de Cambas, Mértola, denuncia e prova com documentação, que o actual Presidente da Junta de Freguesia, senhor José Rodrigues Simão e candidato a vereador da Câmara Municipal, praticou actos menos próprios, censuráveis e ilegais como Presidente da Junta de Freguesia, que são enunciados no documento que se junta.

Apesar de já ter sido pedida a intervenção do Ministério Público e face à gravidade destes acontecimentos, o Partido Comunista tem de explicar porque, já tendo conhecimento destes factos há mais de um mês, através da Assembleia de Freguesia de Santana, da Câmara e da Assembleia Municipal, continua num silêncio cúmplice e confrangedor.

Qualquer dos factos apontados – conta da Junta de Freguesia com saldos negativos, transferência inexplicável de 2.100,00 € (dois mil e cem euros), entre a conta do Sr. José Rodrigues Simão e a conta da mesma Junta, bem como a retirada de todos os poderes ao Tesoureiro da Junta senhor Manuel Soares, contando aqui com a conivência do Secretário da dita Junta de Freguesia, também candidato da CDU à Câmara Municipal de Mértola – consta da denúncia pública apresentada ao Ministério Público.

O PS solidariza-se com o senhor Tesoureiro da Junta de Freguesia - Manuel Mourão Soares e condena estes e outros comportamentos do actual Presidente da Junta de Freguesia de Santana Cambas.


Junta: Um documento.


A Concelhia do PS
Noticia da Rádio Pax
A concelhia de Mértola do PS revela, em nota de imprensa, uma denuncia do Tesoureiro da Junta de Freguesia de Santana de Cambas. Na nota, enviada à Rádio Pax, pode ler-se que “o Tesoureiro da Junta de Freguesia de Santana de Cambas, Mértola, denuncia e prova com documentação, que o actual Presidente da Junta de Freguesia, senhor José Rodrigues Simão e candidato a vereador da Câmara Municipal, praticou actos menos próprios, censuráveis e ilegais como Presidente da Junta de Freguesia (…)”.


O PS acrescenta que “apesar de já ter sido pedida a intervenção do Ministério Público e face à gravidade destes acontecimentos, o Partido Comunista tem de explicar porque, já tendo conhecimento destes factos há mais de um mês, através da Assembleia de Freguesia de Santana, da Câmara e da Assembleia Municipal, continua num silêncio cúmplice e confrangedor”.Segundo a mesma nota “ qualquer dos factos apontados – conta da Junta de Freguesia com saldos negativos, transferência inexplicável de 2.100,00 € (dois mil e cem euros), entre a conta do Sr. José Rodrigues Simão e a conta da mesma Junta, bem como a retirada de todos os poderes ao Tesoureiro da Junta senhor Manuel Soares, contando aqui com a conivência do Secretário da dita Junta de Freguesia, também candidato da CDU à Câmara Municipal de Mértola – consta da denúncia pública apresentada ao Ministério Público”.O PS “solidariza-se” com o Tesoureiro da Junta de Freguesia.


Mário Martins, presidente da concelhia de Mértola do PS, exige um esclarecimento desta situação. Em reacção às alegadas suspeitas José Rodrigues Simão, diz que o PS é “mentiroso” e “calunia” as pessoas. O presidente da Junta acrescenta que retirou a “confiança política” ao tesoureiro depois de este integrar as listas do PS sem colocar o lugar à disposição. “O Sr. Manuel Soares não podia ser tesoureiro da Junta de Freguesia de Santana de Cambas e, ao mesmo tempo, estar nas listas do Partido Socialista porque tudo o que se sabia na Junta de Freguesia, o PS sabia”, afirma José Rodrigues Simão. As contas da junta “estão em dia” e as acusações do PS são falsas assegura o presidente da Junta enquanto acusa Manuel Soares de ter dificultado o pagamento dos salários aos trabalhadores em Agosto. O problema foi resolvido porque “alguém fez o favor de emprestar dinheiro à Junta momentaneamente”, conclui José Rodrigues Simão.


In

Rádio Pax

7 comentários:

  1. Já se calculava e toda a gente sabe a forma de fazer politica do senhor Jose Simão. A Junta o Centro Social e tudo o que ele dirige trata como se fosse sua casa.
    O Partido Comunista está atrapalhado e mais atrapalhado ficou quando esta informação passou para a opinião pública. Pior o Snr Simão e agora o PCP mentem descaradamente.Era bom que os snr admnistrador ponha a prova do que o tesoureiro denuncia.Mais ,ao senhor Simão perguntaram-lhe pela p+rova dos 2100 euros e conta negativa e nada respondeu. Agora com o rabo entre as pernas vem dizer que não foi ele foi " alguém". Então a transferEncia do snr Jose Rod simão é alguem ou é o Presidente da Junta?
    Já todos perceberam que na conta faltavam 2100 para honrar compromissos.Então por que não fez como das outras vezes, passar cheques mesmo sem di8nheiro da conta e a Caixa pagar mesmo sendo ilegal?Assim cometeu duas ilegalidades que vai ter que explicar.
    Alguém acreditará que o senhor Simão vai emprestar dinheiro à Junta?
    Explique-se senhor Simão e senhor Jorge Revez. Eu fico à espera.. antes de saber pelo da bata negra

    ResponderEliminar
  2. A D. bresnev ordenou e o administrador obedeceu, muito bem, é o costume.
    Aí está a prova e que prova, então já agora porque não publicam os extratos bancários de todas as juntas, da câmara e já agora das instituições do concelho? Podiam faze-lo, ou o sigilo bancário é só para alguns? E já agora D. bresnev como sabe se de outras vezes têm sido passados cheques mesmo sem dinheiro e a caixa (pasme-se)pagar mesmo sendo ilegal?! Agora para além de acusar o Sr. José Rodrigues também acusa a caixa?! Veja lá que difamação é crime! E ainda diz o seu presidente que em politica não vale tudo...
    Olhe eu não vou responder pelo sr. José Rodrigues, por um lado porque não estou mandatada para tal e por outro porque não disponho de elementos suficientes para lhe dar respostas. Agora um coisa é certa grave seria se tivesse havido uma transferência ao contrário, não acha? E esse sr. tesoureiro devia explicar aos mertolenses se aquilo que ele considera irregularidades já se passam há muito tempo e ele foi conivente com elas ou se por milagre só começaram agora quando ele resolveu mudar para a lista do ps.
    Dizer que em politica não vale tudo e depois andar a tecer, na surdina,esta teia há vários meses para depois fazer "explodir a bomba" a uma semana das eleições mostra bem o calibre das pessoas.
    É que como desta vez já chegaram à conclusão que o pessoal não vai nas águas bravas, nem nos paquetes de 80 metros, dá todo o jeito essa tentativa de queimar o presidente de junta mais dinâmico que este concelho já teve e levar por arrastamento outro membro da lista que vocês bem queriam ter na vossa. Vocês são a prova cabal que em politica vale tudo. E é por isso que isto ainda vai ser um grande tiro no vosso pézinho.
    Por fim deixo uma sugestão: publiquem a acta da última assembleia de freguesia que é capaz de responder a algumas das vossas dúvidas e na qual parece que dá para perceber que quem lá entrou mudo e saiu calado foi o sr. tesoureiro.
    ( já sei Carlos vais dizer-me que eu posso publicar o que quiser pois sou colaboradora mas tal qual o administrador publicou o resto bem pode publicar a acta que essa sim é um documento público).
    Fico então a aguardar qual a decisão do sr. da bata negra,como lhe chama a d.bresnev, sobre este e sobre outros assuntos.
    Quanto a si d. bresnev com tantos anos a fazer politica já era tempo de ter aprendido alguma coisa, ou então de se reformar de vez.

    cumprimentos.

    ResponderEliminar
  3. O que o Blog Publicou foi um comunicado da PS e o que cicula pela comunicação social. Não nos cabe a nós fazer apreciações sobre o assunto. E sim Maria José sabes que podes publicar aquilo que entenderes.

    ResponderEliminar
  4. Cara Colega Maria José:
    Saberá a colega que distorcer informações criando suspeitas, podem também ser consideradas crime.É o que a colega fez. mais afinal a colega constitui-se defensora do seu cliente José Rodrigues, apesar de dizer o contrário. E espanta-me a sua ignorância sobre o raciocinio que faz sobre sigilo bancário. A colega ou não sabe ou parece querer confundir outro público. É evidente que não xiste quebra de sigilo bancário, primeiro porque se trta de uma autarquia local cujas contas deverão estar a todo o momento acessiveis ao seu tesoureio ou a qualquer cidadão que o solicite.O que você não disse é que o senhor Simão escondeu as contas ao seu tesoureiro com movimentações irregulares.Pergunta por que não são publicadas outras contas de Junta? Tenho a certeza ou quase que situações destas s´e outras só ocorrem com este senhor em quem a colega chama dinãmico quando deveria chamar oportunista e "aldrabão". A Acta que a colega se refere dessa Assenbleia não responde a qualquer pergunta. Se o Tesoureiro entrou mudo e calado, é por que tem mais nivel e espera pelo veridicto fnal.Não envolva Instituição Caixa para se afastar do essencial.A caixa pagar ou não pagar depende do factor confiança da Junta como cliente. Não cabe à caixa avaliar a legalidade ou não da Junta passar cheques sem ter dinheiro.
    O que me espanta é a colega vir com o sentido da transferência que foi de 2100 euros ser da conta do Presidente para a Junta. Já foi ver se agora nesta data a tarnsferencia já está da Junta para a conta de origem?Seja o que fôr se a conta faltava 2100 euros para ssumir compromissos então porque o snr Rodrigues não pediu para a Instituição fazer o mesmo que doutras vezes, pagar a conta mesmo negativa?Vai desculpar-me colega mas com os dados que tem em mão e os comentários que fez ou fala na condição de um simples cidadão e está tudo bem ou se fala na sua condição de jurista para a defesa do seus cliente tem muitas contradições.
    Eu percebo que tenha a esperança de recuperar alguns privilégios que tinha há alguns anos, mas olhe não hipoteque a sua imagem para defender quem não tem defesa.Que eu saiba por que aí sim já dei aconselhamento juridco ao snr Soares, não é de agora as dibergências com o Presidente. Veêm de longe e consulte as actas, por que a gestão da Junta de Santana é já um caso de policia. Vamos aguardar por que maois cedo ou mais tarde é bem possivel que no local próprio tenhamos assento em bancadas diferentes, por que o seu potencial cliente vai ter que provar quem é mentiroso.

    ResponderEliminar
  5. Repôr a verdade
    Face ao comunicado da CDU que em lugar de responder às questões em aberto, lança mais uma vez a mentira e a calúnia, a ponto de considerar que aquilo que o snr Soares disse não é verdade invertendo as situações.
    Quem é, sempre foi e será uma pessoa integra e séria é o Snr Manuel Soares, que ao longo dos anos tem servido desinteressadamente as populações.O Pagamento dos salários nunca estiveram em causa por falta de uma assinatura, mas tão só por que a conta não tinha capital suficiente para cobrir as responsabilidades.O que o PRESIDENTE DA jUNTA E CDU vieram dizer tardiamente, apesar de lhe ter sido solicitada informação 30 dias antes, é que parece que o culpado foi o snr Soares.A CDU e o snr José Simão devem explicar sem equivocos como é possivel esta promiscuidade entre dinheiros públicos e privados. O que se pretende saber é se a CDU e o senhor José Simão consideram estes actos normais numa gestão pública e partilhada por uma equipa, que desconhecia estes actos.
    Se a CDU acha estes actos normais a ponto até de elogiar o seu candidato, dispensa-se qualquer comentário.Aguarda-se serenamente por uma resposta muito breve com explicações que não deixem dúvida ao eleitorado.Reafirmo que eleições ganham-se com verdade e seriedade e não com falsos boatos onde nada se prova. Este assunto não é boato, nem calúnia é um facto verdadeiro com provas evidenciadas.
    Pres. Com Politica PS

    ResponderEliminar
  6. Caro bresnev,

    Em primeiro lugar quero dizer-lhe que desta vez o trato por "caro", no masculino, porque acredito que bresnev tem as duas facetas, ou seja, são dois, uma mulher e um homem, e penso que é o masculino que tem opinado ultimamente, pela simples razão que "ela" escreve muito bem, já "ele" é uma desgraça na escrita. Posto isto vamos ao que interessa:

    - Você é tanto meu colega como eu sou freira,é que nem o pior dos estagiários consegue escrever tão mal;
    - Quanto ao assunto em debate, devo dizer-lhe que não possuo quaisquer elementos para tecer mais comentários e mesmo que assim não fosse jamais o faria porque não costumo falar de processos judiciais, nos blogues,e como o sr. afirma que o processo está no Ministério Público, logo tenho o dever de não o comentar;
    - É que ao contrário do ilustre " colega" eu conheço muito bem o meu código deontológico, e por isso não revelo, em hipótese alguma, quem são os meus clientes e já agora, se me permite, aconselhava-o a fazer o mesmo;
    - Quanto às aspas que colocou quando chamou aldrabão ao sr. José Rodrigues não modificam em nada o sentido da palavra, por isso, parece que quem anda a cometer crimes é V. Exª,injuriar e difamar as pessoas isso sim é crime, não me diga que arrancou essa página do seu código penal?!
    - Quanto à dúvida que coloca, se opino como jurista ou como simples cidadã, parece-me que a resposta é obvia: as opiniões que profiro nos blogues, naturalmente, são opiniões da cidadã, quando precisar de opiniões da jurista terá que marcar consulta no escritório;
    - Coloca a hipótese de nos sentarmos em "bancadas" opostas, devo dizer-lhe que neste ou em qualquer assunto estaremos sempre em bancadas opostas porque enquanto eu defendo a justiça, a transparência, o sr. pelos vistos prefere lançar a confusão;
    - A estratégia, já lhe disse no outro comentário, foi muito, muito má e vai virar-se o feitiço contra o feiticeiro;

    Para terminar e porque não estou a pensar em colocar aqui mais comentários até às eleições, desejo-lhe a si e, claro, à D. bresnev um bom fim-de-semana cheio de saúde mas com muita azia (desculpe lá não é nada de grave e passa com umas pastilhitas), mas na eventualidade de ser eu a ter um amargo de boca, não precisa de se preocupar porque vou sobreviver muito bem a isso, afinal não sou eu que toda a vida tenho sonhado em sentar-me "naquela" cadeira. Percebeu, não percebeu?

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  7. Essa da cadeira leva-me a pensar que a "Sophia", afinal de contas, pois, é isso !... Só que a Sofia que, por analogia, um dia trouxe p'raqui, essa Sophia, foi-se, partiu e deixou saudades...

    Quanto ao assunto, verdadeiramente importante, aqui reportado, vou guardar a minha opinião para momento mais apropriado, naturalmente, quando a azia, essa mesma, ainda for mal de uns tantos, um mal tal que, há mesmo quem afirme, já nem irá com pastilhas...

    Mas, agora, com a ponte internacional, talvez que o António por lá tenha uma "mezinha" enganadora...

    Um conselho: evitem os caminhos de cabras...vulgo, "estradas concelhias".

    É a vida.

    ResponderEliminar

Voltamos a ter comentários abertos, mas moderados. Agradecemos educação e cuidado com a linguagem.