Vamos falar de


quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

Campo de Tiro, numa área contígua ao Parque Natural do Vale do Guadiana


O novo aeroporto de Lisboa vai ser em Alcochete. Com esta decisão, a Base Aérea do Montijo poderá encerrar e o Campo de Tiro será desactivado. Ao que tudo indica a Força Aérea já escolheu a alternativa, recaindo a mesma nos terrenos que ficam no concelho de Serpa, a nordeste do Pulo do Lobo, na margem esquerda do Guadiana.

Primeiro-ministro confirma Alcochete como localização do novo aeroporto de Lisboa. A garantia foi dada hoje por José Sócrates que confirmou a localização baseada nas conclusões do relatório do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC). Esta opção ganhou à Ota em praticamente todos os itens do estudo realizado pelo LNEC. Do ponto de vista económico, este Laboratório concluiu que fazer o aeroporto na Ota é bastante mais caro e que o Campo de Tiro de Alcochete permite taxas mais vantajosas e bilhetes mais baratos.

Com a decisão a recair em Alcochete, na parte leste do Campo de Tiro, a Base Aérea do Montijo poderá encerrar e o Campo de Tiro será desactivado. A SIC avançou com a indicação de que o Governo estava preparado para esta decisão e que a Força Aérea já escolheu a alternativa, recaindo a mesma nos terrenos que ficam no concelho de Serpa, a nordeste do Pulo do Lobo, na margem esquerda do Guadiana.

Recordamos que a 21 de Novembro a Voz da Planície dava conta da deslocação de um técnico aos concelhos de Mértola e Serpa, com o objectivo de consultar os Planos Directores Municipais, a fim de identificar terrenos existentes na ligação dos dois concelhos, na chamada “Serra de Mértola/Serpa”, cuja finalidade seria a criação de um Campo de Tiro. Ao que tudo indica o novo Campo de Tiro já está definido e ficará localizado entre Serpa e Mértola, a Norte do Pulo do Lobo, a Sul de Vila Verde de Ficalho, numa área contígua ao Parque Natural do Vale do Guadiana.

Ana Elias de Freitas
Rádio Voz da Planicie

7 comentários:

  1. E porque não?
    Sempre é muito melhor que uma central nuclear no Pomarão.
    Toda a gente sabe que a FA não tem €s para voar, quanto mais para andar por aqui aos tiros.td

    ResponderEliminar
  2. Central nuclear no Pomarão?Essa hipotese foi equacionada noutros tempos em que o muro de Berlim ainda não tinha caido.Lembras-te?
    Percebo que queiras qualquer coisa má para este concelho, já basta a herança que nos deixaram.

    ResponderEliminar
  3. Quanto a quem diz que é bem melhor: apenas para lembrar que um dos apelos e que faz pessoas virem a este concelho é a sua biodiversidade, o parque natural, os seus espaços a perder de vista e as suas belezas naturais.. Como é óbvio, caso tal se venha a concretizar, nesse terreno é simplesmente proibida a circulação a civis. O meu amigo lembra-se de em criança ir passear a algum lado que o marcou? Pois é bem possivel que não o consiga mostrar ao seu filho. Como é óbvio, a natureza nunca gostou de bombas a cair ao lado. Além disso, e de possíveis bens materiais que dai venham, nunca se esqueçam que o dinheiro não é tudo.

    ResponderEliminar
  4. Olá a todos.Foi com tristeza que li algumas noticias que indicam um dos mais belos cantinhos do alentejo como forte possibilidade para a instalação do novo campo de tiro.Foi ali que nasci e que por meus avós fui criado.Viajei e trabalhei por esse mundo fora fui durante vários anos inspector no ministerio do ambiente na hollanda e acabei voltando ali porque,por onde andei nada de tão bonito encontrei.Durante décadas votado ao abandono ,existia agora um projecto ,fruto da gestão autarquica .Quero acreditar que as inteligencias deste pais encontrarão lugar mais adequado.Porque não ali para os lados do Rato em lisboa ? Ou só lá querem o que lhes interressa .Acordem ALENTEJANOS

    ResponderEliminar
  5. Ó amigo Manuel isto não tem nada a ver com o que encontrastes lá pelas Holandas, deixa-te de tretas e vamos mas é avançar com qualquer coisa que faça avançar esta terra parar este marasmo.

    ResponderEliminar
  6. É pá... Manel tu tens é andado lá para os lados da Soeiro Pereira Gomes claro, por isso não tens acompanhado lá muito bem o desenvolvimento do Bx. Alentejo, deixa lá estar o Largo do Rato sossegado e trata mas é de preocupares-te com os reformados como tu que vem para cá e precisam de muita coisa para cá viverem.

    ResponderEliminar
  7. Mais uma vez a montanha pariu um Rato. Passados que são já alguns meses sobre a possibilidade da transferência do campo de tiro de Alcochete para Serpa/Mértola, ou o MDN recuou ou está a deixar adormecer os Serpenses.

    ResponderEliminar

Voltamos a ter comentários abertos, mas moderados. Agradecemos educação e cuidado com a linguagem.