Vamos falar de


quinta-feira, 20 de julho de 2006

Olhares sobre a igualdade

Está patente ao público, na Casa das Artes Mário Elias, a exposição “Olhares sobre a igualdade”.

“Olhares sobre a igualdade “ é uma exposição colectiva que conta com a participação de 41 autores em áreas tão diversas como a pintura, escultura, ourivesaria, tecelagem, vídeo, fotografia e música.

A não perder, na Casa das Artes Mário Elias, até 11 de Agosto. Dias úteis, das 9.00h às 13.00h e das 14.00h às 17.00h.

A organização é da Câmara Municipal de Mértola e ESDIME e a colaboração da Junta de Freguesia de Mértola.

7 comentários:

  1. Alguém me pode esclarecer porque é que a exposição só funciona nos dias úteis e até às 17h? Horário da função pública??? Assim, quem é que vai espreitar a exposição? Mesmo que queiramos não é fácil...

    ResponderEliminar
  2. @Silvia
    Pois é. Mas o que mais me espanta é que eu própria tinha trabalhos para apresentar e não fui contactada.
    Aceito as escolhas, desde que alguém explique os critérios utilizados, se os houve.

    Muito obrigada

    ResponderEliminar
  3. é pena que só através da arte é que podemos ter esses olhares, onde num concelho tão cinzento em que a cores são monocromáticas e onde a necessidade ...

    ResponderEliminar
  4. @ >Sim pintor tens razão.

    Acrescentaria: "... e onde a necessidade é policromática"
    É isso mesmo.
    Já no tempo em que a tua outra prima pintava,(ela coitada só via dum olho e para o mesmo lado, não por ser zarolha), a cor vermelha era a única que se podia usar.
    Não a do Benfica mas a da quinta da Atalaia.
    Outros tempos, outras modas, outras vistas outros olhares e também outras igualdades.

    ResponderEliminar
  5. Táce memo a ver. Este blogue só tem alguma animação quando mexe no sistema.
    Mas quando é a voz oficial é esta pasmaceira.
    Qualquer dia acontece-lhe o mesmo que a Rádio de Mértola

    ResponderEliminar
  6. não ás futilidades03/08/06, 22:31

    Tens muita razão "anonymous". O único objectivo deste blog é o de favorecer o sistema.

    Isto é mais um reforço do BOLETIM DA CÂMARA, é uma forma de alienar a população, para que ela não repare nos descalabros e favorecimentos praticados por este executivo camarário.

    Tudo o que põe em causa estas atitudes é cortado pela censura. É um atraso de vida este tipo de participação. Não vivemos em nenhum oásis.

    Estes senhores não querem perceber que á população não interessam as mentiras mascaradas de fantasias cor-de-rosa, mas interessa sim, que se fale do que na realidade se passa neste concelho, ou melhor do que não se passa. E que se peçam responsabilidades a quem as tem.

    ResponderEliminar
  7. Não percebo o que é que fazem aqui num sitio tão mau!

    ResponderEliminar

Voltamos a ter comentários abertos, mas moderados. Agradecemos educação e cuidado com a linguagem.