Vamos falar de


quarta-feira, 5 de julho de 2006

As árvores morrem de pé

Sem comentários

6 comentários:

  1. Apetece-me fazer um pequeno exercício de mau perder:

    “Qual David qual Golias.!!
    Mais uma vez cumpriu-se a tradição. Essa é que é.

    É sempre muito difícil jogar contra tudo e contra todos. O que conseguímos fazer e até onde chegámos saiu-nos do pelo.
    Mas agora alguém tinha de nos parar.

    Não era suposto que nós ainda estivéssemos neste filme. Pelo menos o guião quando foi escrito não contemplava actores portugueses nesta fase em que há um bolo a partilhar...

    Isto é como na lerpa. Quem vai a jogo tem de picar (pôr dinheiro na mesa), senão sai de cima.
    E nós somos uns tesos ... nem sequer temos interesses petrolíferos no Iraque.
    Nem no Iraque nem em parte nenhuma, tamanha é a nossa pequenez.
    E para os grandalhões, a nossa pequenez incomoda muito, pelos vistos.”

    Obs: a proximidade geográfica faz do Uruguai um país 'amigo' do Brasil e de todos os treinadores brasileiros. Ainda bem prós franceses, que não tendo um treinador brasileiro, de tal beneficiam por mera simpatia. Coincidências.

    E como é difícil descortinar a fronteira entre futebol e corrupção, saindo agora, nós ainda vamos a tempo de deixar que o sistema da FIFA funcione em pleno.

    Cumpra-se portanto o que planeado e pago estava."

    Não vale a pena acusarem-me de mau perder que eu avisei......

    ResponderEliminar
  2. só posso dizer que fiquei orgulhoso da nossa selecção!!!desde os magriços que não tinhamos chegado tão longe!!!
    não fomos mais além, não se cumpriu o sonho...e que mal tem???somos um pais pequeno mx mostramos que temos tantas armas como os grandes e talvez isso é que tenha irritado muitos...

    ResponderEliminar
  3. Podemos ter caído... mas morrer, nã!!!
    Ainda vão ouvir falar muito de nós...incomodamos muito, e isso é optimo, é bom sinal, é sinal que somos bons!
    O Euro... está quase aí à porta!!!

    ResponderEliminar
  4. Cair?!
    Estamos nas 4 melhores selecções do mundo!
    Imaginem que a maioria dos portugueses se destacava ao nível da selecção (aparte tricas futeboliísticas): e se calhar não é assim tão difícil, só nos falta a promoção - qual Irlanda, qual Finlândia...

    "Quem te sagrou criou-te português.
    Do mar e nós em ti nos deu sinal.
    Cumpriu-se o Mar, e o Império se desfez.
    Senhor, falta cumprir-se Portugal! "

    ResponderEliminar
  5. Magnifico.

    Mesmo depois da derrota, com sabor a injustiça, com "Les Amis Des Croissants" estou pasmado.

    Nunca pensei ver Portugal jogar numa meia-final do campeonato do mundo de futebol.

    Grande Alma Lusa.


    Só duas palavras:
    "Im pressionante!"

    ResponderEliminar

Voltamos a ter comentários abertos, mas moderados. Agradecemos educação e cuidado com a linguagem.