Vamos falar de


segunda-feira, 8 de maio de 2006

Ponte do Pomarão - Inquérito

Publicamos hoje o resultado de mais um inquérito que temos mantido activo no Blog. Desta vez a questão era: Qual a sua opinião sobre a construção da Ponte do Pomarão? Deixamos as leituras do resultado do inquérito por sua conta.

Aproveitamos esta oportunidade para informar que o Concurso das Obras da Ponte do Pomarão foi já lançado pela Deputacion de Huelva.

11 comentários:

  1. Borges_Nefasto08/05/06, 17:02

    O resultado do inquerito so vem provar que uma esmagadora maioria apela ao progresso e ao desenvolvimento.ISTO É MUITO BOM!

    ResponderEliminar
  2. Ou se calhar foi sempre o mesmo a votar. nunca se saberá!

    ResponderEliminar
  3. ò onanimus por que não de retratas?
    Diz lá que não queres a ponte do Pomarão não é por seres retrogado nem gostares do ambiente.
    A tua preocupação é apenas politica e partidária.
    Foste um daqueles que querias passar para o outro lado mas por cima da barragem e tiveste naquela manifestação provinciana ali no cerro a gritar para o outro lado " deixem a malta passar por ai, Porra"
    Mas os espanhois não te ouviram, sabes porque^?
    É que eles sabiam que tanto tu como os teus camaradas o que queriam era fazer barulho , não era para resolver nada.
    Aliás foi assim com tudo. O que é preciso é estar mal para a malta gritar manifestar e gritar "0 povo unido já mais será vencido" e no final havia um com uma bandeira vermelha que fazia o grito final Pcpfff, pcpff...pcpff.
    Foste enganando a malta e agora?
    Vais ter que gritar sózinho e passar para Espanha mas é por cima duma ponte nova que tu nunca querias que fosse feita.... muito menos por estes perigosos que estão lá na Cambra.

    ResponderEliminar
  4. vá-se lá acreditar em sondagens09/05/06, 00:09

    @anonimo
    O mesmo que votou tá visto que votou 6 vezes contra. Foi chapelada? Nunca se saberá!

    ResponderEliminar
  5. Começo por confessar a minha culpa em termos de falta de informação histórica relativamente a uma peça do puzzle que é essencial nesta história. Nem sabia dessa dita manifestação. O autor do post ou alguém genuinamente interessado na conversa poder-me-à esclarecer com que argumentação é que os espanhóis recusaram a passagem pelo paredão?

    Está-me a parecer que qualquer batalha nesse sentido está perdida e que tornar ao assunto é politizá-lo. E começo (tendo tambem em conta o que foi dito no outro post sobre a ponte) a desconfiar que realmente há um aproveitamento da capa ambiental. Se a obra ja está em concurso publico, ja foram feitos e aprovados os estudos de impacte ambiental. Tratando-se de uma area Rede Natura 2000, em que o Estado Portugues> Ministerio do Ambiente> ICN> Parque Natural, tem parecer vinculativo. Portanto, nao sera uma questao de nultrapassaveis, nao minimizaveis, nao compensaveis ou irreversiveis impactes ambientais ou eles teriam muito mais profusamente vindo a publico. Nao que o nosso estado seja o melhor exemplo de eficacia, competencia ou transparencia, mas nao conheço este tema como um atentado ambiental com argumentos contra solidos em termos de patrimonio natural.

    Provavelmente a questao poe-se mais em termos de desfiguração da paisagem (que ate ja tem uma barragem - tambem com uma obscura historia politica de despertigio e prejuizo social local) e em termos economicos - a aplicação dos fundos que os espanhois utilizarao diz respeito a todos nós e temos toda a legitimidade para questionar se a alternativa de passagem pelo paredao nao seria preferivel.

    Mais uma vez reitero que nao disponho de toda a informação e que gostaria de ter mais. Se nao vai dar mesmo para exigir a passagem pelo local mais obvio (a infraestrura ja existente), passemos à frente. Nao sem deixar clara a falta de capacidade de pressao de quem, a seu tempo, teve oportunidade de a fazer, seja quem for.

    Ja que o tema nao é, visivel e aparentemente, ambiental, por falta de questoes ambientais de revelancia em presença, já que é muito mais politico:

    a) quais foram as promessas do actual executivo eleito democraticamente? (pressionar para a passagem se faça ou para que se faça via nova ponte)

    b) porque optaram os espanhois por esta solução e quanto vai custar?

    c) Como é que, paisagistica e ambientalmente, a ponte podera afectar (negativa ou positivamente) o entorno e a vida do Pomarao?

    MCP

    ResponderEliminar
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  7. gorbachove09/05/06, 21:36

    Para o bonelli
    Eu explico. Não é por acaso que me intitulo gorbachove, como quem teve sempre atento às movimentações comunas que não serviam os nossos interesses.
    1º- Que eu saiba porque tenho programas eleitorais e as actas da Câmara, o que este executivo prometeu foi relançar a abertura da ponte do Pomarão. como grande aspiração de todos incluindo a população do Pomarão.
    E parece que tiveram a esperteza que os outros não tiveram.Se o governo esepnhol dizia que pela barragem não, porque não foi construida pensando em tráfego e haveria trepidações (oque se explica) então esta Câmara em cojunto com os municipios espanhois também com o mesmo problema que nós, apresentaram em conjunto um projecto transfonteiriço com apoio de fundos comunitários com uma passagem extra barragem e os espanhois tiveram que ceder.
    2º Quanto custa não sei mas sei que há investimentos mais caros que este e com menos impacto positivo nos dois paises.
    3º Se afecta positiva ou negativamente sob ponto vista visiual depende como cada um olha,
    Se fôr alguem que venha dos bulicios da cidade quer estar sozinho,não vê com bons olhos; se for um habitante de Mértola, Santana ou Pomarão vê com bons olhos pois de monotonia o ano inteiro estão fartos;
    4º e último quem queria passar perla barragem à força e que fez encerrar a negociação foram os politicos de então comamdados nessa manifestação pelo PP e Jose Rodrigues Presidente da Junta, que agora não vê a abertura da ponte com tanto entusiasmo;
    5- Quanto à barragen se outra vantagem não teve serviu ao menos também para este executivo negociar o abstecimento de água ao povo do Pomarão que até aí bebia água férrea, pouca e imprópria para consumo.
    Tire as suas conclusões Bonelli e se tiver digas pergunte que eu tenho o dossier à mão

    ResponderEliminar
  8. Gorbachove
    Gostei; Apoiado.

    ResponderEliminar
  9. gorbachove
    1 - vê lá aí no dossier quem é o PP que assim toda agente pensa que é o Padre pedro ou o paulo portas.
    2 - havia mais gente na manif não havia? Convem lembrar os mais esquecidos que a memória é curta.

    ResponderEliminar
  10. Meus senhores vôces estão todos a precisar é de uma boas bengaladas do Torga!
    Pois ouçam bem!
    É obvio que a ligação a espanha é uma mais valia para o concelho.., não dispendam esforços com vãs e futeis discussões!è claro tb que algures a meio do processo as "forças politicas", bem regadas de boas intenções, perderam poder negocial!
    é claro tb, que o processo, talvez devido a esta falta de "poder negocial", seguiu tramites um pouco dùbios!Pois que ainda não ouvi nenhum dos doutos senhores referirem algumas incongruências deste processo com o próprio sentido de desenvolvimento , a que se prpõe, o actual executivo!!
    E agora meus senhores, não será possivel que os espanhois não quisessem a passagem pela barragem por estarem a defender interesses especulativos,e não por esta não ser a solução construtiva mais coerente!?( que a barragem tal como está não desponibiliza de condições para a passagem de automóveis, é claro...que seria uma operação construtiva mais viavél sob ponto de vista económico imedito, portanto edificação da estrutura, e de longo prazo, logo para a qualidade de vida dos habitantes do Pomarão,também....!)
    Percorro o Alentejo dos ultimos 20 anos e vejo sinais:" reduza velocidade"!!! atenção, vôce está a percorrer uma estrada nacional mas nos próximos metros é possivel que encontre uma pessoa sentada na soleira de sua casa a tirar uma sestinha no meio da estrada, ou um moço a atravessar de casa para a escola!!!!A unica coisa que voces tem que discutir aqui(em vez de andarem a perder tempo com trocas de galhardetes individuais), é que tipo de futuro querem para os vossos filhos, e que tipo de mensagem ou de herança, lhes estão a tentar transmitir.....!, que a indeferença conduz á desistência já ouvi em qualquer lado,queria saber é se os senhores também desistiram!,..!

    ResponderEliminar
  11. UmPomarence
    Apesar da vergonhosa campanha feita pelo partido cumunista em Mertola, contra a contruçao da ponte em Pomarao, é com motivo de muita satisfaçao, que verificamos finalmente que a contruçao da ponte vai ser uma realidade. As populaçoes do conselho Mertola e o esforço do executivo camarario estao de parabens.

    ResponderEliminar

Voltamos a ter comentários abertos, mas moderados. Agradecemos educação e cuidado com a linguagem.