Vamos falar de


quarta-feira, 10 de maio de 2006

Beatriz Gomes integra Selecção Nacional de Pista

Beatriz Gomes, canoista do Clube Náutico de Mértola integra o grupo de 12 canoístas que vão representar Portugal na Taça do Mundo de pista, a disputar no fim-de-semana em Poznan, na Polónia.
Pela primeira vez em muitos anos, Portugal vai apresentar-se em K4 feminino, que será composto por Beatriz Gomes, Joana Sousa, Teresa Portela e pela ainda júnior Márcia Costa, que também fazem as três provas.
De realçar que Beatriz Gomes, um nome de referência da canoagem mundial na Maratona tenta agora a sua sorte na Pista com o objectivo de conseguir um lugar para os Jogos Olímpicos de Pequim.
A comitiva lusa, liderada pelo vice-presidente da federação José Garcia, e que integra também o olímpico Emanuel Silva vai apresentar-se nas provas de K1, K2 e C1 masculino e em K4 de ambos os sexos, segundo as opções do seleccionador Ryszard Hoppe.
Campeão da Europa Sub-23 e medalha de bronze absoluto em K1 1.000 metros, Emanuel Silva vai competir em K1 nos 500 e 1.000 metros, enquanto Pedro Santos e Leonel Correia compõem o K2 nos 1.000, 500 e 200 metros.
Nuno Barros vai representar o país em C1 nas três distâncias, tal como José Ramalho, Luciano Gonçalves, Pedro Gomes e David Fernandes em K4.
Segundo as tabelas do Comité Olímpico de Portugal, as tripulações podem entrar para o Projecto Pequim 2008 caso consigam classificar-se até ao oitavo lugar em duas das três distâncias.
Emanuel Silva, Joana Sousa e Helena Rodrigues já integram o Projecto Pequim 2008, enquanto outros 23 canoístas estão incluídos no Projecto Esperanças Olímpicas, em que a canoagem é a modalidade mais representada.
As duas etapas da Taça do Mundo (a segunda decorre em Duisburgo, Alemanha, de 26 a 28 de Maio) constituem o primeiro teste internacional para os lusos, que esta época ainda têm o Campeonato do Mundo (Szeged, Hungria), o Campeonato da Europa (Racice, República Checa) e os Europeus Sub-23 e júnior (Atenas, Grécia).

Convocados:
K1: Emanuel Silva (CF Merelim).
K2: Pedro Santos (Saavedra Guedes) e Leonel Correia (CN Prado).
K4 (m): José Ramalho (CF Vilacondense), Luciano Gonçalves (CN Ponte de Lima), Pedro Gomes (CN Crestuma) e David Fernandes (CN Funchal).
K4 (f): Beatriz Gomes (CN Mértola), Joana Sousa (CN Crestuma), Teresa Portela (Gemeses) e Márcia Costa (CN Prado).
C1: Nuno Barros (CN Ponte de Lima).

15 comentários:

  1. Um hip hip hip hurra para a moça e para o clube!

    ResponderEliminar
  2. mas a rapariga é de mertola? e q idade tem? é q eu nunca ouvi falar dela se não por aqui, e a verdade é q n sei quem é nem de onde veio...

    ResponderEliminar
  3. De qualquer maneira parabens, por levar o nomeda nossa terra a tão grande nivel

    ResponderEliminar
  4. Não é por nada mas o amigo está mesmo confuso... O Dr. Cláudio Torres é de Mértola? O Dr. Pulido Valente é de Mértola? E depois, o que é que raio isso interessa?

    ResponderEliminar
  5. @Confuso
    Está mesmo confuso e mal informado. Mas realmente a Beatriz não é futebolista por isso ser vice campeã do mundo de maratonas e Campeã da Europa e ainda por cima atleta do Clube Náutico de Mértola há 3 anos não é efectivamente importante.
    Uma pesquisa no Google em "canoagem Beatriz Gomes" pode esclarecer alguma coisa.

    ResponderEliminar
  6. Não entrando em polémicas, gostava de dar os meus parabéns a atleta e ao clube que ela representa.
    Não sendo de cá parece-me que em tao pouco espaço de tempo (3 anos)já levou mais longe o nome da vila e deu bons exemplos ao jovens de Mértola que muitas pessoas que nasceram e nunca sairam de cá. Numa sociedade globalizada, sem fronteiras, em que a livre circulação de pessoas e mercadorias é uma realidade há já alguns anos, penso que só a "mesquenhice" e o gosto pelo "bota a baixo" de algumas pessoas, exlica o teor dos comentários que aqui foram colocados.Como diz a musica "...seja bem vindo quem vier por bem..."

    ResponderEliminar
  7. que pena que outros atletas deste clube não tenham direitos a hurras. será que só merece quem é campeão?

    já agora o sr. anónimo que pergunta qúem é que é de mértola....???

    por acaso não se lembra de uns moços habilidosos que andavam aí nesse rio para cima e para baixo, que até foram campeões nacionais e representaram selecção em campeonatos do mundo e taças do mundo??? estes também levaram o nome de mértola pelo mundo fora, ou melhor, foram os primeiros a levar o nome desta vila para o estrangeiro através do desporto.

    ResponderEliminar
  8. Os que são campeões merecem "hurras". Os outros (como o meu rapaz, que também por lá tem andado) merecem estímulo até ao dia em que se tornam campeões. Nivelar tudo pela mesma bitola não parece lá grande ideia.

    Quanto aos anónimos (se calhar são uma e a mesma pessoa, só a lançar um pouco de rebaldaria aqui no blog) continuam presos à ideia, curta, do local de nascimento. Uma tara inofensiva, afinal...

    ResponderEliminar
  9. Amigo anónimo das 10.33,
    Esses tais rapazes mereceram e continuam a merecer muitos "hurras" por parte de todos nós. Penso no entanto que as atenções devem estar sempre mais centradas em quem está no "activo", não esquecendo o passado, mas olhando para o presente e o futuro, (quando abro os jornais desportivos diários vejo falarem dos Simões, Nunos Gomes, etc; seria estranho se em vez disso só se falasse no Eusébio)só assim se poderá estimular os nossos jovens a seguirem os infelismente poucos bons exemplos que tivemos e temos a representar Mértola.

    ResponderEliminar
  10. A Beatriz Gomes fez 8º lugar na final A dos 1000 metros e o resto da equipa também foi brilhante o K2 duas medalhas de bronze.

    ResponderEliminar
  11. Nesse caso HIP HIP HURRA outra vez. Mas ó Carlos diz lá o nome do "resto da equipa"!

    ResponderEliminar
  12. Já coloquei um link para os resultados dos portugueses.

    ResponderEliminar
  13. oooopppsss! pois é! a internet depois dos 40 é tão complicada como o sexo depois dos 80. ouvi dizer, claro...

    ResponderEliminar
  14. Descansa que só coloquei o link depois do teu comentário. :)

    ResponderEliminar
  15. resposta ao sr. vtf:

    que pena o sr. apenas ler os jornais desportivos, é que nos programas desportivos que são transmitidos nas nossas televisões, nomeadamente os jogos de futebol ou outras competições que mereçam algum comentário, são comentadores principais todos aqueles que vingaram no desporto ou o seu conhecimento lhes permite opinar sobre o tema em questão.
    E já agora, parece-me que alguns desses rapazes (que por vós dá a entender que são considerados velhos) estão a tentar regressar ao activo, no que ouvi dizer estão mesmo a treinar kayak e acho que já fizeram algumas provas?? Se for assim isto é ou pode ser considerado uma grande vitória, para eles e para clube. queres um estimulo maior do que este, para ajudar todos os atletas mais novos que frequentam aquele clube??? até breve. hasta la vista!! see you on the river !!!

    ResponderEliminar

Voltamos a ter comentários abertos, mas moderados. Agradecemos educação e cuidado com a linguagem.