Vamos falar de


segunda-feira, 3 de abril de 2006

Lampreia

Ontem Domingo tive oportunidade de saborear num restaurante do Concelho de Mértola um delicioso almoço de lampreia, que estava simplesmente maravilhoso, e que me deixou mais uma vez a pensar na riqueza da nossa gastronomia e como ela pode ser um dos principais atractivos e factores de desenvolvimento da nossa região.
Esta iguaria quando bem feita como foi o caso é um prato fantástico, existem felizmente muitos outros na nossa gastronomia.
Gostaria de com este Post colocar em discussão o tema da gastronomia como factor de desenvolvimento, o que pensa que pode ser feito para potenciar mais e melhor, já agora quais os principais pratos que devem constituir essa aposta.

11 comentários:

  1. Essa lampreia tem bom aspecto!
    A gastronomia devia ser uma aposta permanente, fazer mais festivais tipo o do peixe do rio, fazer o caça, fazer das atubras e dos cogumelos, mas também nos restaurantes, estar sempre com semanas gastronómicas
    Quanto aos pratos já disse atubras e cogumelos acrescento
    O Borrego, o queijo Serpa, o fresco e requeijões como entradas e sobremesas, e o cozido de grão e feijão, a caça, o porco preto, etc.

    ResponderEliminar
  2. Faço das palavras do anonymus as minhas...

    ResponderEliminar
  3. o que tu gostas é de enchar a pança

    ResponderEliminar
  4. antonio medeiros você deve ir mas é controlar o seu colestrol.
    estamos a ficar fartos do seu lirismo quer comer bem então saia de Mértola.
    Lampreia é em penacova ou no minho
    em mértola não sabem fazer lampreia.Faça um passeio ao norte e logo vê a diferença na qualidade e no preço.

    ResponderEliminar
  5. @ Anonymous das 12.22
    De facto a coberto do anonimato pode dizer-se algumas coisas, que não tem de se provar.
    Habitualmente não respondo a anónimos, mas como está em causa com o seu disparatado comentário o prestígio da nossa gastronomia, vou responder-lhe.
    Neste almoço que referi estavam presentes aproximadamente 25 pessoas, 15 das quais fizeram cair a sua escolha na lampreia, pessoas essas que não sendo na sua maioria de Mértola e que tem por hábito correr o país em buscas das nossas maravilhas gastronómicas, todas foram unânimes em afirmar que esta foi a melhor lampreia que alguma vez comeram, posso provar-lhe o que estou a afirmar.

    ResponderEliminar
  6. Pois eu já comi no minho a 10 euros, diaga lá o senhor quento pagou

    ResponderEliminar
  7. Anonymous das 6:46
    Estou inteiramente de acordo com o que foi dito pelo António Medeiros. Lampreia num qualquer restaurante do Norte do País nem que ela fosse a 5 euros, pois já tive essa experiência e devo confessar que não a consegui comer, pois só pelo facto de no Norte a cozinharem com a pele fico ogo sem apetite. Sou Natural e residente em Mértola, conheço bem a nossa cozinha e sei que em Mértola se cozinha bem não só a lampreia como outras iguarias. Com essa sua apreciação será que você
    conhece a cozinha tradicional? Sabe cozinhar? Se alguma vez escapou menos bem num prato que escolheu, não pode generalizar pois se já alguma vez cozinhou sabe às vezes as coisa saem-nos menos bem.

    ResponderEliminar
  8. O cozinheiro04/04/06, 11:47

    Eu já visitei o nosso pais quase todo, e dos sítios onde melhor comi foram no Alentejo e na zona das Beiras, se bem quem muitas da vezes nos temos é de saber procurar os bons restaurantes.
    As vezes o sinonimo de pagar pouco, não significa que temos de comer bem, não vamos pelo ignorância que por 5€ queira comer marisco até ficar farto, porque assim mal por mal já nem para uma diária num restaurante dá. E é claro que o que o Srº António aqui diz é verdade, que no concelho de Mértola a gastronomia é muito rica, só e pena que não se faça mais inventos gastronómicos, para promover o nosso concelho, como há uns anos atrás que existia a semana gastronómica do concelho de Mértola, que juntava todos os restaurantes do nosso concelho, para uma mostra de iguarias do nosso concelho..

    ResponderEliminar
  9. Eh juventude era só informar que a tia Maria Rita já fechou.
    A lampreia para vocês não passa de mais um peixe.nã é verdade?

    ResponderEliminar
  10. Não se pode comparar a lampreia do norte com a de mertola. Gostos sao gostos. Eu prefiro a de mertola. Quanto ao preço, tb ja comi no norte e paguei bem caro. Temos de compreender que é "alimento" raro, que so aparece em epoca especifica. Não vamos banalizar a lampreia!!!!!!

    ResponderEliminar
  11. Tambem experimentei a lampreia á bordalesa em no Hotel de Guerreiros do Rio, na pequena localidade com o mesmo nome em Alcoutim e estava fantastica, aqui confecionam sem a pele pelo que se torna menos enjoativa

    Antonio Reis - Lisboa

    ResponderEliminar

Voltamos a ter comentários abertos, mas moderados. Agradecemos educação e cuidado com a linguagem.