Vamos falar de


segunda-feira, 30 de janeiro de 2006

Solidariedade

O GDS - Gabinete de Desenvolvimento Social da Câmara (GDS) está a promover uma recolha de mobiliário, electrodomésticos e outros materiais de uso doméstico que já não sejam necessários em nossas casas. O objectivo é, depois da recolha promover a sua entrega a famílias carenciadas.

Quem tiver alguma coisa nessas condições pode contactar a Isabel Sores no GDS.

Um gesto de solidariedade que desafio os nossos bloguistas a tornar efectivo, dando também visibilidade ao trabalho que todos aqui estamos a fazer em prol de Mértola e do Concelho.

Se os vossos donativos referenciarem o nosso blog será também uma forma de o divulgar.

60 comentários:

  1. Esta pode ser sem duvida uma fora de tornar este espaço ainda mais útil,
    è possível tornar a lista mais exaustiva, penso que sim, dessa forma será mais fácil encontrar em casa algo com que contribuir, deixo a pergunta, e já agora roupa è útil?

    ResponderEliminar
  2. E quais são os outros materiais de uso doméstico??? Especifica um bocadinho Carlos,sim?

    ResponderEliminar
  3. Vou tentar saber mais pormenores junto da responsavel pela iniciativa e depois vos digo

    ResponderEliminar
  4. Makiavelli31/01/06, 07:10

    De muitas iniciativas está é a que nos sensibliza mais. Quem não tem um armário que se quer livrar dele? ou uma mesa de cabeceira que já não combina com o resto da mobília do quarto? Pois estas coisas podem fazer muita falta a pessoas carenciadas que mal têm dinheiro para se sustentarem. Acho que o contributo de todos é fundamental.

    Dava desde já a ideia para que se divulgasse esta iniciativa por vários pontos do Concelho por exemplo Juntas de freguesia, colectividades etc.

    ResponderEliminar
  5. Concordo plenamente que se levem para a frente estas iniciativas.É um gesto bonito da parte de todos os que contribuem.Só peço que tenham em atenção, os carenciados a quem vão doar os "materiais".Sei de algumas pessoas que se fazem passar por carenciados, mas que vivem melhor do que eu, e muitos dos que vão contribuir.Não quero mencionar nomes, mas peço sim atenção para este pormenor,pois é injusto para com aqueles que realmente necessitam e que podem correr o risco de não apanhar.

    ResponderEliminar
  6. A iniciativa está a ser conduzida pelo Gabinete de desenvolvimento Social da CMM, logo com acompanhamento de técnicos da àrea social. Penso que estarão acauteladas situações menos sérias. Nós aqui apenas estamos a divulgar a iniciativa e a colaborar.

    ResponderEliminar
  7. Sim eu sei que é o GDS que está a desenvolver a iniciativa, mesmo por isso é que o digo, pois sei que essas pessoas estão vistas como carenciadas no GDS, e só fazem a vida em Serpa para não os verem em Mértola a fazerem compras que os carenciados não o fazem.tb sei que lhes fizeram uma casa, e que agora eles a querem vender, coisa que os carenciados não o fariam.

    ResponderEliminar
  8. Isto não é má vontade, é apenas para vos acautelarem para estas situações.

    ResponderEliminar
  9. makiavelli01/02/06, 16:41

    Estás a ser mesmo realista e não é mentira nenhuma. Sabemos que há "carenciados" a beneficiar injustamente de subsídios, enquanto que muitos têm que se partir a trabalhar para manter a família e "ai" daqueles que se esquecem de pagar a facturinha do irs, que aí as finanças não perdoam.. mas por ai entro por outros caminhos.
    Facto é, que se deveriam rever certas medidas por parte dos responsáveis,"a quem" concedem esses benefícios e dever-se-ia existir um maior controle aonde os ditos carenciados gastam o dinheiro.

    ResponderEliminar
  10. Caros "Bloguistas", gostave mesmo é que além de comentários (sempre importantes) este post provoca-se mesmo uma onde de solidariedade real. Para dar o exemplo eu vou doar um frigorifico usado (mas a trabalhar), qual o donativo que se segue!!!!

    ResponderEliminar
  11. Olho azul claro01/02/06, 17:21

    Eu não tenho nada para dar, porque há tempos quando um amigo precisou, porque se divorciou e não tinha nada para a casa "nova", que por acaso até é bastante velha, um grupo de amigos juntou-se e ofereceu o que tinha "disponivel" em casa.
    Já agora aproveito para dizer, que este meu amigo, a única coisa que pediu as "entidades oficiais" foi uma casa melhor, porque na que está, para além de não ter condições paga uma renda alta, como é obvio, estamos em Mértola.Até agora, já lá vão uns meses largos e nada!
    Tem conseguido comprar alguns electrodomésticos à custa de ter dois trabalhos e muito sacrificio!!
    Eu sei e lamento muito a vida dificil de muitas pessoas, mas queria aqui fazer um "louvor" para outras pessoas que à custa de muito "suor e lágrimas" seguem em frente!

    ResponderEliminar
  12. Esplendor na relva01/02/06, 17:31

    Doar é um acto de caridade pura.
    Para se ser carente do apoio alheio, não tem que se ser, necessáriamente um mendigo ou indigente.

    ResponderEliminar
  13. @olho azul claro - Despropositado e desenquadrado o seu comentário.

    ResponderEliminar
  14. Olho azul claro02/02/06, 12:31

    @Olho Vivo
    Despropositado? Porquê?
    Desenquadrado? Idem?

    ResponderEliminar
  15. @olho bazul claro - Despropositado e desenquadrado porque o problema do seu amigo divorciado e uma campanha de solidariedade não tem mesmo nada a ver. Trazer esse assunto para aqui é confundir o todo com a parte.
    O que é que tem em comum esta campanha de recolha de materiais de uso doméstico com o facto do seu amigo divorciado ter pedido ajuda às entidades oficiais e ainda não ter tido resposta? Aqui o que se pretende é saber se está disponivel ou não para colaborar! O tema do seu amigo e a demora das entidades oficiais em darem resposta pode ser tema para um Post que certamente poderemos comentar se se inscrever no Blog e escrever sobre o assunto.

    ResponderEliminar
  16. Olho azul claro04/02/06, 21:45

    @Olho vivo
    Daahhh!!

    ResponderEliminar
  17. É pena que o trabalho do foro social desenvolvido pelo gabinete de desenvolvimento social se restrinja a desenvolver acções pontuais que qualquer agência de viagens pode desenvolver (como passeios de verão, dia dos reformados, baptismo de voo para idosos, passeios do dia da mulher,...), cartão social (onde se devolvem alguns tostões aos beneficiários nos custos relativos ao consumo da água e medicamentos), a Unidade móvel (que desenvolve campanhas de prevenção para utentes com mais de 60 anos de idade)e agora com a mais recente iniciativa de doar bens materias que considero ser uma acção importante, se bem que não irá contribuir para minimizar as graves desvantagens sociais e economicas existentes e já diagnosticadas no concelho. Considero que esta acção só trará beneficios se se delinear um plano de acção onde as técnicas de serviço social desta autarquia saiam da sua redoma e vão trabalhar para o terreno e intervenham directamente com as ditas famílias carênciadas.

    ResponderEliminar
  18. Não confundir o assistencialismo por o serviço social...

    ResponderEliminar
  19. @Pink
    você tem a razão quase toda.
    De facto estes limitaram-se a aumentar o raio de acção das viagens dos velhotes. Dantes a carreira só chegava ao Seixal e era quando não avariava no caminho. Outros tempos.
    E essas técnicas de gabinete de que fala, bem que podiam ir sim senhor para o terreno fazer pela vida e saber o que é o dia a dia de certos técnicos desempregados da política.
    E por fim também concordo consigo quando fala da Unidade Móvel e do Cartão Social. São dois sapos enormes que eu continuo a ter dificuldade em engolir.
    E já agora não confundir também serviço social com caridadezinha. Daquela caridade mandada fazer nos tempos da implantação do rendimento minimo quando o falso remetente local da benesse era citado, não fosse o voto da ovelha tresmalhar-se.

    ResponderEliminar
  20. Maria Faia05/02/06, 16:40

    Pink, eu sou mulher. Uma mulher que tem ido nesses passeio do dia da mulher e tem trazido de volta muita felicidade e alegria. Inscrevo-me e tenho ido como as demais. Mais de 600, 700, 800 eu sei lá. De todo o concelho.
    Uma mulher que nunca foi convidada para ir. Tudo se limita a uma inscrição, a um acto voluntário. Não há convites, não há escolhas, não há segredos...
    Vai quem quer. Basta dar o nome.

    Uma mulher que também nunca foi convidada para ir ao almoço do dia da mulher que antes se fazia. Sabe, antes não havia passeios, havia almoços. Almoços por escolha, limitados a 20 ou 30 mulheres. Nunca percebi se tinha a ver com a lotação do restaurante.
    Nesse tempo, no dia da mulher, eu nunca recebi flores de nenhum vereador ou presidente de Câmara. Como agora também não as recebo. Eu aliás reconheço que não tenho, nunca tive falta que me dessem flores. Melhor, nunca tive falta que ninguém me desse flores, apesar da beleza do gesto.
    Mas sempre tive falta, sempre tive uma angustiante necessidade de ser tratada como gente, como pessoa, igual entre iguais.
    Sem discriminações, com dignidade.

    ResponderEliminar
  21. Sublinho a ideia de que é necessário parar e repensar na importância das acções que têm sido realizadas no âmbito de um gabinete específico na área do desenvolvimento social (criado à 4/5 anos nesta autarquia). Será que este gabinete se deve ocupar de pouco mais do que a realização de jantares e viagens ou passeios... será que são necessários tantos recursos humanos (técnicos superiores e cargos politicos que recebem ordenados iguais ou superiores a 1000 euros) para organizarem eventos desta natureza (eventos de caridade)?! ou andarem a realizar peditório de ferros de emgomar que sejam velhos, mas que ainda passem a ferro...o nosso concelho precisa de apostar na prevenção das problemáticas sociais já diagnosticadas (pela tão falada Rede Social), mas que ainda não passaram à prática.

    ResponderEliminar
  22. Sem Abrigo06/02/06, 10:30

    @pink você parece só ver a parte e esquecer o todo.
    Será que o trabalho do GDS é assim tão mau?
    Será que você tem conhecimento de tudo o que efectivamente tem sido feito GDS? Parece mesmo que tá chateada com qualquer coisa, tão preocupada com o ordenado dos técnicos ... será que não lhe deram algum doce que estava à espera?

    ResponderEliminar
  23. Olho azul claro06/02/06, 12:25

    @sem abrigo
    Primeiro acho a escolha do nome muito infeliz!(é a minha opinião)
    Segundo, parece impossivel, mas há gente que acha que quando se dá uma opinião menos favorável, acham que é sempre por despeito! e isso, obviamente, não é verdade! Nem toda a gente anda à procura de "empregos" na CMM! Aliás, não sei qual é o "mel" que lhe acham!
    Terceiro, concordo plenamente com as viagens e divertimento criados pelo GDS para os idosos, todos precisamos de diversão, especialmente quando a vida tá má!, mas, concordo quando aqui se diz, que divertir os velhinhos e carenciados não chega para justificar um gabinete bem apetrechado, não só de técnicos!...e, como da discussão sai a luz, ficamos à espera que os respectivos técnicos, com os respectivos apetrechamento, com os respectivos vencimentos(sejam lá os euros que forem)façam um trabalho cada vez melhor em prol da melhor resolução possivel dos problemas sociais do nosso concelho!

    ResponderEliminar
  24. com abrigo06/02/06, 13:02

    infelizmente concordo com o(a) pink porque os passeios e o divertimento são muito bons, muito uteis, mas não chegam...

    ResponderEliminar
  25. Sem Abrigo06/02/06, 13:50

    @olho azul claro - Tão feliz ou infeliz como "olho azul claro" (é a minha opinião). Também à gente que acha que quando dá uma opinião menos favorável essa não pode ser rebatida.
    Cá tamos todos pra continuar a ver os resultado do trabalho do GDS.

    @com abrigo - Esses gajos e gajas do GDS são mesmo uns palermas antão não é que só organizam "os passeios e o divertimento" mai nadinha mesmo....

    ResponderEliminar
  26. @Sem Abrigo
    Se o meu amigo/a defende o trabalho do GDS, está no seu direito.
    No entanto, não concordo que o faça colocando palavras na boca dos outros bloguistas!...
    Eu não concordo com a expressão usada:"Esses gajos e gajas do GDS são mesmo uns palermas..." dando a entender que alguém já tinha dito isso.
    Foi você que disse!!
    Assim, fico sem saber qual a sua opinião?

    ResponderEliminar
  27. Sem abrigo, embora não tenha todo o conhecimento de todas as acções desenvolvidas pelo gabinete, considerei ser importante discutir algumas das acções que este gabinete desenvolve, que dá tanto relevo e dispende de tantos recursos (materiais e humanos)para fazer os bem ditos passeios que, mais uma vez sublinho a sua importância, até porque também os meus usufruem dessas acções. Relativamente ao tema:também considero que pode ser uma pequena gota no oceano...quando existem meios tecnicos com obrigação de fazer mais e melhor...
    Concordo com o(a) olho azul claro, uma vez que nem todas as opiniões menos favoráveis devem ser tomadas como obstáculos ao desenvolvimento. Acho que deve ser feito um esforço para compreender as diferentes opiniões e crescer...
    Mas, descendo ao seu nível, coloco a seguinte questão:
    será que não estará o(a) próprio(a) sem abrigo a saborear o doce por si referido???

    ResponderEliminar
  28. Sem Abrigo06/02/06, 15:00

    @Li2 - Penso que dá para perceber o sarcasmo da observação ou não? É bem claro que não quis por palavras na boca de ninguém, apenas repeti de forma sascástica a ideia deixada pela comentadora!
    @pink - Isto é mesmo uma questão de nível, o nível que você mostrou ao referir valores de vencimentos de outras pessoas e ao dar a ideia que o seu trabalho se resume a organizar "caridadezinha" demonstrando um desconhecimento abismal da realidade e reconhecendo a seguir " ... não tenha todo o conhecimento de todas as acções desenvolvidas pelo gabinete ...". Fique também ciente que não saboreio o doce por mim referido mas parece que a carapuça lhe serviu em cheio.

    ResponderEliminar
  29. Caros Bloguistas, sei que a polémica é o tempero deste espaço, mas mantenham a calma e a compostura.
    Gostava de lembrar que o tema deste Post é SOLIDARIEDADE e até ao momento tudo espremido dá um frigorifico usado. Convenhamos que é pouco, mesmo muito pouco para um Post que até já tem tantos comentários. Podemos degladiar-nos e entender que estamos certos e os outros menos certos que nós, mas nas entrelinhas venha de lá alguma participação em generos. É que há quem precise mesmo...

    ResponderEliminar
  30. só hoje tive conhecimento deste tão bem falado blog, e logo me chamou a atenção para o tema da solidariedade e qual não foi o ESPANTO quando me deparei com tantas dores de cotovelo que por ai andam,tão preocupados com os ordenados dos técnicos que trabalham no GDS.gostei de ler os comentários e não pude deixar de concordar com alguns, parece-me uma boa iniciativa a campanha que o gabinete está a realizar, o que não percebo são os comentários despropositados acerca das pessoas que lá trabalham e os projectos que desenvolvem.Para quem está tão interesado pelo trabalho social que se desenvolve no concelho deveriam informar-se melhor dos projectos tais como o cartão social, a unidade móvel ......falem com os rsponsáveis dêem o seu contributo e ajudem a melhorar o trabalho....não falem do que não tem conhecimento pois a ignorância é uma coisa mto feia.

    ResponderEliminar
  31. @yellow / @Carlos Viegas
    Não poderia estar mais de acordo

    ResponderEliminar
  32. Caro(a) Pink choca-me a falta de informação por si demonstrada! o pior cego é aquele que não quer ver!parece-me que tem algum problema por resolver.. tanta revolta tanto descontentamento...tenha calma e não se preocupe tanto com o ordenado que os outros recebem.Não precisa de estar de acordo com todas as iniciativas e projectos ,aceitamos criticas desde que serviam para melhorar o trabalho desenvolvido e não por mera mesquilhice.

    ResponderEliminar
  33. Olho azul claro06/02/06, 16:08

    Bloguistas
    Talvez a face mais visivel do trabalho do GDS seja a das viagens, almoços, etc.
    Quem sabe, não podemos aprender que talvez existam trabalhos que estejam a ser feitos e não tenham a divulgação que deviam!?
    Pode ser que seja por aí, afinal uns de vocês acham que não se faz nada, outros acham que se faz mas não se sabe!!

    ResponderEliminar
  34. Para os mais curiosos o meu ordenado é......de Técnica de segunda classe, pouco mais, de mil euros!!Eu esforço-me mas nada!Lamento desiludir quem pensava que fosse mais..também eu queria!!Quanto a alguns comentários: A Umovel só tem uma campanha para mais de 60 anos.. Anti-gripe! Tem também campanhas para adolescentes..Os tostões devolvidos pelo cartão social em 2005 foram no valor de 60mil euros.. Sem ir ao terreno, conseguimos 40 melhoramentos habitacionais...sem termos que nos fazer a vida. Criámos a intervenção precoce, a CPCJ, Rede Social, ateliers de Verão etc... Quanto as viagens também penso que não deveria ser a CMM à organizar mas o Padre não se resolve... mas, sei que são importantes. Por mais que custe: a CMM tem recebido muitos eleogios pelos seu trabalho no âmbito social...Imaginem as outras....
    Enfim, muito se tem escrito a "custa" desta recolha, (continuem), MAS só recebemos uma mesa e um frigorifico! Menos conversa e mais acção.....
    Esperamos sentadas...

    ResponderEliminar
  35. @sem abrigo
    Não percebi a pertinencia da sua intervenção, não entendo porque respondeu daquela forma. Perdeu uma boa oportunidade para nos esclarecer (já que deu a ideia que trabalha nesse gabinete)
    @técnica
    Diz-se chocada com a falta de informação do PinK, mas não foi capaz de argumentar nada! Que tal para a proxima dar uma pequena ideia do que por lá se faz (meia duzia de palavras)?

    Felizmente que alguem (scg) nos disse o que faz esse gabinete. obrigado. Bom trabalho.

    ResponderEliminar
  36. Eu dou os parabéns ao GDS, só tenho motivos para agradecer o que fizeram pelo meu tio.

    ResponderEliminar
  37. Vou repetir o que escrevi dias atrás, pois não encontrei resposta
    "Não è possível tornar a lista mais exaustiva, penso que sim, dessa forma será mais fácil encontrar em casa algo com que contribuir, deixo a pergunta, e já agora roupa è útil?"

    ResponderEliminar
  38. Sem Abrigo07/02/06, 09:27

    @Juiz - Tão pertinente quanto a sua.
    A ideia de que trabalhava no dito Gabinete?? Enganado Sr. Juiz!! Então temos que trabalhar num sitio para saber ou concordar com o que lá se faz?
    Fiquei indignado pela forma ligeira como quem desconhece diz mal sem conhecimento efectivo do que se faz.
    Eu não tenho que prestar quaisquer esclarecimentos, quem faz afirmações sem sustentação é que tem que ter cuidado com aquilo que diz.

    ResponderEliminar
  39. Esplendor na relva07/02/06, 09:51

    @António Medeiros lamento que a sua, duas vezes formulada, pergunta continue sem resposta. Como podemos assistir, os Bloguistas, de uma forma ou de outra relacionados com a solidariedade, ou falta dela, digo isto pelos nik's(sem abrigo; com abrigo, técnica) e outros mais "colored"(Yellow;pink)-Há aqui qualquer coisa nestes Nik's que me escapa, ou talvés não??!! -mas como ia dizendo, os Bloguistas estão mais interessados em picardias de variada espécie, valor dos vencimentos, se são merecidos ou não, viagens, almoços, enfim!
    Sr. António Medeiros dou-lhe um conselho, o de Mértola não porque constato que anda tudo à bulha!, pergunte novamente, pode ser que agora, por causa do meu comentário lhes dê a vergonha e falem do que de facto interessa!

    ResponderEliminar
  40. a técnica07/02/06, 10:03

    Juiz
    Parece-me não haver motivo de argumentação perante comentários que mais não passam de criticas por despeito.
    Volto a referir que estamos abertos a todas as criticas desde que sirvam para melhorar o nosso trabalho. Obviamente que estamos disponiveis para prestar quaiquer esclarecimentos sobre o trabalho que desenvolvemos, mas basta ir ao site da CMM o GDS possui lá uma pag., ou então passar pelo gabinete( Rua 25 de Abril) teremos mto gosto em receber pessoas que estejam interessadas no nosso trabalho.ou ainda por telefone haverá sempre um tempo disponivel para atender quem quer que seja.
    Não tenho pachorra para responder a provocações, no entanto se alguém estiver interessado em saber algo mais sobre alguma acção especifica do GDS Força....
    Acho que irão ter resposta adequada!

    ResponderEliminar
  41. Sr Antonio Medeiros, agradeço o interesse e desculpe só agora lhe responder, mas só tive acesso ao blog ontem pela primeira vez, e no meu comentário naõ lhe respondi.Precisamos de electrodomésticos e de mobiliário (desde ferro de engomar, esquentador, varrinha mágica, camas, colchões, sofa, loiças, etc...). Quanto a roupa, de momento não precisamos, mas a Sta Casa de Mértola aceita sempre. E, no caso de serem roupas de crianças existem duas instituições em Beja que necessitam muito. Agradeço o interesse por esta iniciativa e estamos disponiveis para qualquer esclarecimento.

    ResponderEliminar
  42. Sr. ou Sra. scg
    Obrigado pela resposta, procurarei reunir algumas coisas e faze-las chegar ao GDS

    ResponderEliminar
  43. @scg

    Quais são as instituições em Beja que necessitam de roupa para criança?

    ResponderEliminar
  44. Sandra Gonçalves08/02/06, 12:44

    Existe a Bugânvilia (frente as piscinas descobertas) e a Casa Pia (atrás do Café 2M). A cruz Vermelha (na Rua dos Infantes)também aceita roupa para todas as idades.A Sta Casa de Albufeira tem várias valências de crianças abandonadas e maltratatas e necessitam sempre de roupas. Se a roupa for entregue no GDS eu posso entregar. Em Évora existe o Chão dos Meninos e em Faro O Refúgio.

    ResponderEliminar
  45. com abrigo08/02/06, 16:08

    @sem abrigo, esclareça-nos com a sua sabedoria/conhecimento! Ainda não nos deu a oportunidade de conhecer a sua opinião e conhecimento do todo e da parte.

    ResponderEliminar
  46. Sem Abrigo08/02/06, 17:13

    Parece que já tá a ser esclarecido por quem sabe mais do que um simples sem abrigo.

    ResponderEliminar
  47. com abrigo08/02/06, 17:44

    @sem abrigo,o que eu quero mesmo é saber o seu ponto de vista, porque só criticou negativamente a opinião de outros, mas só ficamos a perceber que utiliza um discurso arrogante e desapropriado, quanto a mim, para este espaço que deverá ser de discussão de ideias e para além disso pode ser um bom meio de esclarecer e divulgar iniciativas.
    Gostei de ler todas as intervençõse excepto a sua e a primeira intervenção da técnica. Por isso, tal como a Li2, sugiro que aborde de forma ilucidativa para todos os seus conhecimentos acerca do trabalho que tem vindo a ser feito pelo gds.

    ResponderEliminar
  48. Sem Abrigo08/02/06, 18:01

    @com abrigo - Arrogante o meu discurso? Não percebo sinceramente porquê. Olhe que o seu ... vai lá vai. Não gostou da minha intervenção nem da da técnica? Até percebo porquê, mas garanto-lhe que para esse lado vou dormir como um anjo e penso que a técnica também. Descanse o espirito e retempere a alma.

    ResponderEliminar
  49. Luís Ramos08/02/06, 18:26

    No meu concelho não há cartão social, melhoramentos habitacionais (?) nem para ricos nem pobres, unidade móvel (isso existe), viagens?? Comissão de Menores? Naõ temos nada disso e não sei para quando será...

    ResponderEliminar
  50. @Sem abrigo
    Já agora porque não esclarece a/o "com abrigo" e o/a pink?
    Força e some 3 pontos.

    ResponderEliminar
  51. com abrigo08/02/06, 21:06

    @caro(a) sem abrigo, esta frase não lhe diz nada: "Esses gajos e gajas do GDS são mesmo uns palermas..." ?! Foi você que a escreveu. Ridicularizar outro comentador referindo que o mesmo demonstra, passo a citar: "um desconhecimento abismal da realidade", isto não é arrogância??
    contudo, deixa a clara impressão que afinal quem desconhece a realidade do que se faz no gds é o(a) próprio(a) porque não consegue abordar nenhum tema da polémica criada sobre o cartão social, unidade móvel, etc, e ao que parece o Senhor Luis ramos também desconhece (embora pertença a outro concelho).
    E quando referi que as 2 intervenções menos produtivas para este blog foram a sua e a da técnica, foi porque acho que foram as únicas que não criticaram (positiva/negativamente)aquilo que foi escrito anteriormete recorrendo a um discurso vazio de conteúdo. Depois de lhe solicitar a informação sobre o "todo", referido por si, qual não é o meu desencanto quando o(a) caro(a) sem abrigo, embora detentor de todo o conhecimento, não o vai partilhar com os restantes...
    @juiz: não creio que os comentadores estejam interessados em somar pontos!
    @scg: considerei que a sua intervenção foi a mais esclarecedora.

    ResponderEliminar
  52. Sem Abrigo08/02/06, 21:50

    @Com abrigo - está a repetir-se, mas gostei do discurso, consistente e apaixonado mas conteúdo nadinha, igual ao meu.
    No que se refere ao conhecimento de que sou detentor, você não é também detentor dele certamente porque não quer ou por má vontade.

    ResponderEliminar
  53. "Sem abrigo" você está a levar grande sova, o/a "com abrigo" dá-lhe o bailinho e você não tem capacidade de contrapor.
    Veja o exemplo do/a "scg" que contra-atacou e venceu o jogo.
    Esclareça isso de que se diz conhecedor de uma vez por todas e vença.

    ResponderEliminar
  54. Luis Ramos08/02/06, 23:01

    O meu comentário foi no sentido que se vocês acham pouco o que têm, no meu não há nada disso e não sei para quando! Não é crítica, antes pelo contrário penso que a CMM, tem feito um bom trabalho a nível social. Tomará muitas. Foi nesse sentido.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  55. Sem Abrigo08/02/06, 23:09

    @Juiz - Isto para mim não é um jogo e muito menos uma competição. Se na sua opinião estou a levar um bailinho ... que lhe heide fazer. dar-lhe um apito (talvez dourado).
    O importante é que a verdade foi reposta, não importa quem foi o autor.

    ResponderEliminar
  56. Caros bloguistas sei que vou ser repetitivo mas nem Ponk, nem sem abrigo, nem com abrigo, nem juiz contribuiram até agora para o cerne da questão deste Post. SOLIDARIEDADE meus senhores(as). Espremidinha a vossa resposta ao apelo deu até agora saldo zero. mas ainda estão a tempo de se redimirem.

    ResponderEliminar
  57. @Luis Ramos, qual é mesmo o seu concelho, porque pelas suas palavras não chego lá?
    É que sabe, em Africa morrem milhares com doenças à muito erradicadas na Europa!...Na Escandinávia não há "sem abrigos" Sabe como é, cada qual com os seus problemas! Aqui neste blog debatemos os de Mértola!
    Se quer fazer comparações, creio que está no seu direito, mas para que nós possamos comparar também é preciso saber qual é o concelho onde vive.

    ResponderEliminar
  58. O Núcleo de Voluntariado de Mértola organiza de 1 a 28 de Fevereiro 2006, uma campanha de recolha de roupas. O local de recolhas: Juntas de Freguesia do Concelho e Bombeiros Voluntários de Mértola.

    ResponderEliminar
  59. @scg
    deixe-me elogiá-la(o) pelos seus esclarecimentos e pelas uteis informações que nos vai deixando por aqui. parece-me o acção social do nosso concelho está em boas mãos! Bom trabalho!

    ResponderEliminar
  60. @scg
    deixe-me elogia-la(o) por tao positivos esclarecimentos e contribuições. A avaliar pelas sua intervenções (CLARAS) não tenho duvida que a acção social do nosso concelho está entregue a boas mãos. a vontade e o profissionalismo estão nas suas palavras. Bom trabalho!

    ResponderEliminar

Voltamos a ter comentários abertos, mas moderados. Agradecemos educação e cuidado com a linguagem.