Vamos falar de


sexta-feira, 20 de janeiro de 2006

O que é que "Mértola" já fez e/ou vai fazer pelos seus munícipes portadores de deficiência?


O que dizem os últimos censos sobre o n.º de individuos portadores de deficiência no concelho?
O que é que já se fez para, por expl., minimizar as barreiras arquitectónicas?
Gostaria de saber a vossa opinião sobre estas e outras questões!

46 comentários:

  1. Os censos eu não vi mas devo já dizer que existe muita coisa a melhorar em prol dos deficientes. Por exemplo é quase impossivel alguém que tenha de andar de cadeira de rodas passar pelo passeio, mesmo com a restrição de trânsito para um só sentido, o espaço do centro da vila deixado aos peões é extremamente mau, a calçada é pouca e muito irregular e a parte que apanha de alcatrão está a descer, não é direita, com dois pés a funcionar é muito dificil imaginem-se numa cadeira de rodas a passar por lá!? Os edificios do concelho são outra nódoa negra, felizmente os mais recentes( tribunal, finanças, etc) já têm acessibilidades adequadas, mas por exemplo quem tenha de ir aos Paços do Concelh, a sede da nossa autarquia, numa cadeira de rodas, enfrenta um gravissimo problema, primeiro chegar até lá devido à péssima calçada cheia de altos e baixos e depois dentro do edificio só existem escadas. Em cadeira de rodas como poderá alguém aceder aos pisos mais altos.
    Quanto à sinalização de passadeiras para invisuais também não existe...

    ResponderEliminar
  2. Makiavelli20/01/06, 18:09

    Faço minhas as palavras do Sr. ou Sra Mar, a descentralização das finanças, tribunal, registo civil para o "Palácio da Justiça" em Mertola veio ajudar os munícipes, e principalmente cidadãos com dificuldades motoras, deficientes e idosos. Existe um problema dificil de resolver quanto à deslocação aos paços do concelho. Mas é bom alertar este problema às entidades competentes. Não é demais lembrar que para um deficiente é praticamente impossível a sua deslocação dentro do edifício da Câmara Municipal. O mesmo se diz como foi já referido, as dificuldades existentes para uma pessoa com estes problemas na rua principal da vila. Onde o trânsito num só sentido não vem ajudar nada, sendo necessários passeios adequados e não apenas aqueles vasos enormes que estão espalhados por Mértola.

    ResponderEliminar
  3. É interessante reparar que este espaço serve apenas para uma desenfreada e abrupta arma de ataque e contra ataques partidários... Camuflados num, as vezes cobarde, anonimato... a tentar fazer crer numa opressão imaginária e antiquada!
    Seria sem duvida uma iniciativa louvável, de onde se poderiam retirar algumas reflexões, mas em tudo tem de existir moderação, bom senso e menos fanatismo...neste momento é apenas um local com uma certa piada, pautado pela luta partidária e ortográfica!!!
    E acho que esse não era o objectivo inicial do blog!!!
    Penso eu...e espero!


    p.h.

    ResponderEliminar
  4. Mertolinha20/01/06, 20:21

    Julgo que o objectivo do blog é pôr as pessoas a falar sobre a sua terra natal ou adoptiva, emitir opiniões e também acordar os espiritos mais incautos para o que acontece... Sempre com o objectivo de melhorar, tornar esta terra que dizem ser madrasta na melhor das mães... Para mim, sem sombra de dúvida, a mãe! Não vejam os erros ortográficos, leiam antes o conteúdo e questionem-se. Este concelho não é apenas o que a autarquia faz dele, são as pessoas todas, à esquerda, mais à esquerda, ao centro, à direita... Simplesmente, todos somos um bocadinho responsáveis por aquilo que nos rodeia...

    ResponderEliminar
  5. É de facto curioso, no que este espaço se tornou durante a última semana. Comecei a passar por aqui, regularmente, desde o final de 2005, e dia após dia, nada havia a registar. Sem comentários e com posts de regularidade semanal, pensei: "tás condenado a ser moribundo logo à nascença!"
    E não é que, felizmente, me enganei. Penso que a alteração feita ao processo de comentar, facilitou e motivou o opinanço dos visitantes. Pena é, que facilidade em comentar, foi sinonimo de canalhice pegada. Tal como o Satanhoco, também me parece, não ser objectivo deste espaço dar abrigo a opiniões repletas de lugares comuns, apenas fundamentadas por "ressabiamento" politico (de ambas as partes). Espero, sinceramente, que passada a excitação inicial, este espaço se torne, verdadeiramente, de divulgação,discussão e reflexão.

    ResponderEliminar
  6. Não sei qual a percentagem da população do concelho com deficiência, mas tento em conta que os numeros nacionais indicam que 10% da população é deficente, a percentagem concelhia rondará este valor.
    Quanto à atitude de tornar acessivel os locais publicos, o que se passa no concelho, é o reflexo do restante territorio portugués: a cultura do desenho e pensamento inclusivo, ainda não faz parte da linguagem projectual da grande maioria dos tecnicos.
    Curiosamente, o progresso prático não tem acompanhado o mesmo ritmo teorico e normativo. Pois, desde 1997 existe um decreto sobre acessibilidades(D.L 123/97), que preve, nomeadamente, a adaptação dos edicicios publicos antigos e estabelece condições ás quais os novos tém de cumprir. Mas, tal como noutras areas, a lei é muitas vezes ignorada, e mesmo quando é cumprida(edificios inclusivos), estes tornam-se ilhas numa malha urbana inacessivel.
    Mas nem só o Estado tém a culpa, a falta de civismo de todos nós, nomeadamente, quando estacionamos o carro em cima do passeio, também não ajuda.

    Quanto ao concelho, e sobretudo Mértola. É realmente um caso bicudo, desde logo pela topografia, que não permite ter na maioria das ruas os 6% de declive máximo, mas também pela degradação de grande parte das calçadas, que embora confiram uma imagem pitoresca, em termos de conforto e segurança ficam aquem do desejado. Mas se no casco antigo, é tarefa complicada cumprir muitas das premissas do desenho inclusivo, o mesmo não se passa na malha urbana recente. Nesta, os passeio não cumprem os 2,25m minimos estipulados na legislação, e encontram-se cheios de obstaculos: candeeiros, papeleiras, sinaletica, que normalmente não segue um unico alinhamento, o que os torna autenticos passeios gincana.

    Para muitas destas situações, dou o beneficio da duvida, pois remontam aos anos 80 e principios dos anos 90. Mas, o mesmo não acontece com a zona de expansão nas traseiras da Rua José Carlos Ary dos Santos, que se encontra a ser urbanizada. Pois não é que os erros dos anos 80 e 90 estão la todos!
    Façam lá uma visita.

    ResponderEliminar
  7. Heyyy... cuidado que chegou o ppl dos passarinhos fritos!!! Bom, vou mas é buscar o dicionário para poder decifrar as suas ideias excelentes!!!

    ResponderEliminar
  8. Makiavelli21/01/06, 01:19

    Sr. Santanhoco, estou em parte de acordo com a sua opinião. Contudo é de relembrar que as ideias que aqui se debatem (ou não se debatem) estão interligadas directamente com a autarquia. Ou melhor, o futuro destas ideias que aqui se apresentam depende da boa gestão de aqueles que nos governam. Alguns destes temas por vezes têm um cariz político e não será por isso que deixarei de dar o meu comentário. Se existem anónimos por aqui ou cobardes não sei, ou pessoas que se escondem por detrás de identidades Sr. Santanhoco, o que lhe posso dizer que no meu caso, o que conta aqui será a minha opinião ou o que lhe quiserem chamar, agora aminha identidade não afectará a felicidade dos intervinientes deste blog ou de outro qualquer.

    ResponderEliminar
  9. O pessoal do http\\:passarinhosfritos.blogspot.com ? Mas quem são esses tipos?
    Estou a ver que este blog vai de vento em popa! Sim senhor!
    Quanto às barreiras arquitectónicas, infelizmente é algo que neste país se usa e abusa. Infelizmente, os arquitectos esquecem-se desses "pormenores"... Não é bonito.. É triste.
    Quanto a ti, anonymus, precisas de um dicionário?

    ResponderEliminar
  10. Estou a ver que este blog vai de vento em popa! Sim senhor….
    E espero que assim continuem, pois merecem toda a credibilidade, no que toca a informar a população do nosso concelho que se encontra pelos quatro cantos do mundo.

    Ps: Já agora caros anónimos deixem-se de bocas foleiras e toca a ajudar com ideias para o desenvolvimento.

    ResponderEliminar
  11. @ Li2
    O tema é pertinente!
    Mas... se o complementasse com alguns dados concretos, (até podia ser com base nos últimos censos p.e), ajudaria muito, estou certa, quem lê e quem comenta.

    ResponderEliminar
  12. Cara Santinha,
    Tem toda a razão!!
    Ora o total de deficientes no concelho:
    HM 712 destes 347 são H.
    Sem actividade económica:
    HM 636 destes 296 são H.
    Estudantes:
    HM6 destes 5 são H.
    Incapacitados permanentemente para o trabalho:
    HM 130 destes 72 são H.
    in http://www.ine.pt

    ResponderEliminar
  13. Faltou, quanto a mim, dizer que destes 712 nossos concidadãos, apenas 58 são população empregada, e não refere se a situação é definitiva ou precária!

    ResponderEliminar
  14. Quanto aos senhores(as) Satanhoco e Fingido, foram os únicos que não fizeram qualquer referência ao tema dos deficientes, estiveram mais preocupados em criticar os criticos!!
    Ou seja, obrigadinho por nada!

    ResponderEliminar
  15. Caro(a) li2

    Então não comentei o tema? Sinceramente! Mas talvez tenha razão, relendo o meu segundo comentário, chegasse facilmente à conclusão que é sobre gastronomia do Panáma! Pois desenho inclusivo é um prato tipico da zona do canal.
    Haja paciência.

    ResponderEliminar
  16. Pronto!! Caro Fingido, peço desculpa!! Tem toda a razão!! Acho que dormi enquanto lia!!

    ResponderEliminar
  17. Li2
    Ao meu comentário anterior acho que me faltou referir a sede de protagonismo, vontade de provocar polémica e muitas vezes uma enorme falta de respeito pelas opiniões alheias, quando me parece que o objectivo deste espaço era ter contacto com essas mesmas opiniões...
    Fiz um comentário ao Blog, com a MINHA OPINIÃO! Achei que o devia fazer, e como este era o post mais recente na altura, foi aqui que escrevi!
    Desculpa se te sentiste ignorado(a), não era minha intenção!
    Como também não era minha intenção menosprezar o tema...
    Para terminar aviso que estas a ter uma resposta que não será exemplo, pois não vou fazer o que critiquei...e entrar em discussões ridículas!

    p.h.
    Quando achar que devo, deixarei a minha opinião...mas apenas quando EU achar que devo...

    ResponderEliminar
  18. Por considerar o tema dos deficientes muito mais pertinente do que responder a quem se esconde, e são palavras tuas, sob "cobarde anonimato", queria sugerir que o GDS, promovesse actividades com os nossos concidadãos portadores de deficiencia, porque, muitas vezes as suas familias, de fracos recursos, não o podem fazer, do tipo excursões "aqui e ali" a exemplo do que já se faz com os idosos e crianças carenciadas! ...do tipo, com protocolos com as entidades formadoras do concelho, organizar Workshops e pequenos cursos de formação que visem o enriquecimento de certas conpetências a sim como da sua auto estima, ect.

    ResponderEliminar
  19. Li2
    Os números que aponta revelam uma realidade bem dramática do nosso concelho. Confesso-lhe que não tinha a mínima ideia das proporções. Quero agradecer-lhe ter-me ajudado a ver a dimensão do problema. Porque a distância a que estou de Mértola não justifica a minha ignorância. Dou a mão à palmatória.

    ResponderEliminar
  20. Este tal de de satanhoco é um tal de pedro horta que parece que nem é de cá nem do concelho. vai criticar a tua terra q tens la muita merda.

    ResponderEliminar
  21. Em Mértola existe uma associação de deficientes????
    Parece que não uma vez que existem a 3 anos aproximadamente e não fizeram nada,(ou algo que se veja) acham que o concelho não tem problemas a este nivel,ou estão muito oucupados com burocracias e politiquices e não arranjam tempo para formar uma associação de verdade que se empenhe e faça alguma coisa pelos deficientes do concelho.

    ResponderEliminar
  22. Caro anónimo, só me ocorre um comentário:
    Ridículo!
    Já agora, acho que devias ter mais cuidado com o que dizes, este blog pode ser visitado por crianças e a palavra m**** não devia ser usada assim.
    até dá vontade de rir.

    p.h.

    ResponderEliminar
  23. Quanto ao comentário do(a) menta, só tenho uma coisa a dizer a associação de deficientes não fez nada porque não temos tido oportunidade pois como sabem estamos há muito tempo para arranjar um local para sede e até agora nada. Sem sede não podemos contratar pessoal para avançar com alguns projectos que temos planeados.
    E eu sei muito bem as dificuldades que existem no concelho, mas o maior dos problemas é a mentalidade das pessoas que em vez de ajudarem ainda criticam, eu com esses comentários não me importo pois tenho orgulho em ser deficiente e não escondo a minha identidade com um nick.
    E quanto a política eu não sou político, mas tenho as minhas convicções e elas preocupam alguém falem comigo directamente e não através de um nick virtual.
    E para terminar se acha que podia fazer mais pelos deficientes sem com recursos quase nulos então se quiser pode substituir-me na direcção da A.C.D.M. para depois ver as dificuldades que irá enfrentar.

    Ricardo Francisco

    ResponderEliminar
  24. @Menta, Então o/a meu amigo sente-se com coragem para atacar, mas não se sente com coragem para trabalhar, não?
    É tudo o que se lhe oferece dizer sobre este tema? Pois olhe, ficava-lhe melhor dizer que se a associação tem dificuldades o meu amigo/a está disposto a colaborar, dê ideias, tome iniciativas-Não critique pessoas que ainda não tem a sua vida resolvida a nivel profissional, quanto mais por a andar uma associação com a qual ninguem parece importar-se!
    Quanto a opções politicas, acha que os deficientes não tem direito a elas?

    ResponderEliminar
  25. tar a usar a palavra.. m* e ainda por cima a nomear pessoas, estamos pouco importando quem é o Santanhoco, se é o pedro ou o zé, M* sai da tua boca. quando falas.

    ResponderEliminar
  26. Volto a apelar para alguma elevação nos comentários. De vez em quando uma piada e algun "pincanso" tudo bem, mas ataques pessoais e troca de "mimos" menos próprios. Controlem-se lá.

    ResponderEliminar
  27. matraquilho27/01/06, 00:50

    o malomenos agora ta a falar bem sim senhora. apoio o que ele diz e desapoio quando ele nao tem razao e diz asneiras. mas agora é assim mesmo como ele diz.

    ResponderEliminar
  28. Lil2 concordo quando diz que é uma associação com a qual ninguem parece importar-se e também acho que os deficientes tem todo o direito de ter opiniões politicas, como qualquer pessoa.
    Mas nesta associação o que eu vejo é o interesse e a vontade do Ricardo e de mais 2 ou 3 mas só de boa vontade não se consegue nada e em grande grupo mesmo que pouco pode-se fazer mais e na minha opinião é o que eles deveriam ter começado a fazer.

    ResponderEliminar
  29. Este post deveria ser para defender e apoiar os direitos e interesses dos deficientes e não para atacar os "vizinhos" de uma forma "enigmática".
    Ajudem na integração na sociedade dos cidadãos portadores de deficiência ao não apontarem o dedo para as limitações que eles têm, mas sim para as virtudes que eles têm.

    ResponderEliminar
  30. Algum dia haverias de ser da minha opinião matréco. Ja tenho um dia mais feliz!

    ResponderEliminar
  31. question mark?27/01/06, 13:13

    @ricardofrancisco
    Os deficientes podem e devem ser politicos. Podem e devem fazer política. A deficiência é que não !!
    Nem deve ser aproveitada politicamente !!!!!!
    Talvez aí tenha parte da explicação para o insucesso de algumas organizações, que por vezes surgem à sombra de uma qualquer motivação politica e de promessas do tipo "se nós ganharmos vamos apoiar etc."
    Há organizações que 'os politicos da politica' devem respeitar, deixando a politica à porta, e levando a solidariedade e a fraternidade. Pequenas coisas que afinal são inerentes à democracia mas que os egoismos paroquiais levam a esquecer no dia a dia, preocupados que estamos com os jogos do nosso telemóvel.

    Indo ao seu último comentário. Espero que a reacção moralista e de admoestação, seja do Ricardo e não do Presidente da Associação. Que como é óbvio não pode dar-se a esses luxos de crispação, por muito que veja ataques em anteriores comentários. Como você tem acreditação neste Blog, porque não faz alguns posts sobre a Associação e os seus problemas? Porque não compartilha as vicissitudes por que tem passado enquanto dirigente, abrindo as portas a toda a comunidade?
    Quem sabe se todos nós não teremos uma participação mais construtiva, com ideias e apoio concreto para levar em frente esse projecto?
    Projecto que deve ser participado e de todos.
    Eu serei solidário e ajudarei no que puder.

    ResponderEliminar
  32. matraquilho27/01/06, 13:18

    malomen eu nao sou facioso. tu és. senão não ficavas todo feliz. pra mim a verdade merece tudo a aldrabice é que não merece nada

    ResponderEliminar
  33. No comentário anterior eu refiro-me a mim e não em nome da associação.
    E quanto aos posts eu gostaria mas não tenho muito tempo para os fazer. Se houver alguém que tenha tempo e vontade para o fazer terá o meu apoio tanto como presidente da ACDM, como um cidadão disposto a ajudar os que tem precisam de ajuda.
    O maior problema desta associação é a falta de tempo dos elementos da direcção. E depois como a menta disse são só 2 ou três pessoas preocupadas com o desenvolvimento desta associação, eu gostava de poder contar com mais recursos humanos para concretizar os objectivos da ACDM.
    E agradeço a todas as pessoas que tem apoiado a ACDM.

    Desculpem se o texto está confuso mas foi escrito a pressa

    ResponderEliminar
  34. question mark?28/01/06, 01:25

    @ricardofrancisco
    ao menos pode indicar quem são os elementos da direcção, o que fazem que tipo de deficiência têm, porque não têm tempo e são da direcção, etc?
    Quanto ao tempo para fazer posts. Dois minutos e duas linhas são suficientes para fazer a entrada de um post. Nem é preciso decoração. Basta propor um tema específico à discussão.
    Ande lá não se intimide.
    Cá estamos todos para apoiar.

    ResponderEliminar
  35. se deseja saber quem sao os membros da direcção da associação porque nao contacta directamente com a dita associação e se disponibiliza para participar e colaborar nas actividades previstas???????

    ResponderEliminar
  36. question mark?02/02/06, 20:48

    @mdca
    Os dois comentários que fiz, expressamente direccionados a ricardofrancisco são construtivos, suponho, e apelam a uma maior divulgação da problemática dos deficientes e da sua organização local.
    Este seu comentário em tom enfadado constitui sem duvida um 'precioso auxílio' à causa dos deficientes.
    Com respostas 'amigas' destas . .

    ResponderEliminar
  37. Esplendor na relva03/02/06, 11:47

    @mdca
    Já que sabe o contacto da Associação de deficientes diga, porque eu desconheço se tem sede, morada, apartado, telefone, telemóvel, ou o que quer que seja que sirva de contacto, assim, pode o seu comentário servir para alguma coisa, porque senão, não se aproveitou "nadinha"

    ResponderEliminar
  38. question mark?03/02/06, 12:07

    @ esplendor na relva
    Nem mais!
    Grato pela solidariedade

    ResponderEliminar
  39. Perna de Pau06/02/06, 14:38

    Sabem que foi criada em Mertola , há 5 anos, uma Associação que tem por objectivo desenvolver o trabalho na àrea da deficiência? O que fizeram até hoje? Não sei...

    ResponderEliminar
  40. Só hoje tive conhecimento deste blog e já estou viciada.Há assuntos mto interessantes para quem gosta de mértola e quer o seu desenvolvimento. há assuntos que me interessam particularmente,como é o caso da solidadariedade deficiência ,ou seja causas sociais.estou de acordo com os comentários do question mark e não percebo o receio da associação e sobretudo do ricardo que se anda a queixar da falta de apoio e não aproveita este espaço que poderia funcionar como um espaço de divulgação!!!O quanto sei é que a associação de cultura e desporto adaptado do concelho de mértola foi criada há aproximadamente 4 anos e afundou... se os membros(que ninguem sabe quem são)da dita associação tem mais que fazer do que se preocupar com as actividades e problemas da deficiência do concelho , não será melhor repensar em acolher novos membros??? deixem de ser fechados, menos queixas e mais trabalho....

    ResponderEliminar
  41. Esplendor na relva07/02/06, 10:59

    @Perna de pau
    Desculpe, não será...coração de pau?
    @Yellow, não comento, porque para barbaridades já chega as que V. Exªs disseram!
    Quem nada sabe sobre esta associação sou eu, vocês ao contrário do que apregoam, sabem muito e fazem... nada. FALAM FALAM, MAS NÃO OS VEJO A FAZER NADA!
    Eu não faço nada!, mas não critico, porque também nunca pensei em fazer nada! Agora V. Exªs tão interessados nos problemas sociais do concelho e..."Menos queixas e mais trabalho..." Este comentário servia bem para outros Posts deste Blog!

    ResponderEliminar
  42. esplendor da relva
    não percebo tanta arrogância!
    "Eu não faço nada!, mas não critico,"..... ops......

    ResponderEliminar
  43. Como eu disse anteriormente, a ACDM não tem sede, nem telefone, temos é um apartado, se houver alguém interessado em entrar em contacto com a ACDM,escreva para:
    Associação de Cultura e Desporto Adaptado do Concelho de Mértola - Apartado 31 7750-909 Mértola.
    E informo também que estamos a organizar uma actividade a realizar ainda este mês que será divulgada brevemente.
    E também agradeço o apoio que nos têm dado num assunto que não não diz só respeito a nós , mas sim a toda a sociedade "Cidadãos com Deficiência"

    ResponderEliminar
  44. ESpero que este espaço sirva para dar mais visibilidade à associação e arranjar mais colaboradores ....e força ricardo....

    ResponderEliminar
  45. Coração de pau08/02/06, 15:56

    espero que a actividade não seja fruto de todas estas provocações!!!

    ResponderEliminar
  46. Não a actividade não é fruto destas provocações, pois já estava programada há muito tempo e não tem sido realizada por impedimentos de ambas as partes.

    ResponderEliminar

Voltamos a ter comentários abertos, mas moderados. Agradecemos educação e cuidado com a linguagem.