Vamos falar de


segunda-feira, 12 de novembro de 2012

E AGORA, TAVIRA

 
Se outro mérito não tiver, há um que posso reclamar para esta exposição: tem provocado reações. Muito boas, más, assim-assim, simpáticas, desdenhosas, tem havido de tudo. Desde o "é uma síntese excecional sobre uma vila no período islâmico" até ao "é só isto? ganda treta...".

Agora, é a vez de Tavira. Depois de um périplo que já incluiu Lisboa (Castelo de S. Jorge e Fundação Millenniumbcp), Alcobaça (Armazém das Artes), Cascais (Centro Cultural), Silves (Museu Municipal de Arqueologia), Mértola (Casa Amarela), Évora (Grupo Pró-Évora), Santo Amador (Centro Cultural), Tlemcen (Palais de la Culture) e Argel (Musée National des Antiquités et des Arts Islamiques) é agora a vez de regressar ao Algarve. De 13 de novembro a 27 de abril de 2013, a minha exposição Mértola - o último porto do Mediterrâneo estará patente ao público no Museu Islâmico. A Câmara Muncipal de Tavira deu à iniciativa um simpático destaque. Devo/devemos esta oportunidade à generosidade da autarquia e ao empenho e solidariedade de duas colegas, Jaquelina Covaneiro e Sandra Cavaco.

Amanhã, às 11 horas, é tempo de estar em Tavira.

Por Santiago Macias
in
avenida da salúquia 34

Sem comentários:

Enviar um comentário

Voltamos a ter comentários abertos, mas moderados. Agradecemos educação e cuidado com a linguagem.