Vamos falar de


segunda-feira, 7 de março de 2011

Autores do movimento “Geração À Rasca” acusados de plágio


Dois trolhas da Mealhada, José Engrola e Manuel Peneirol, estão a acusar de plágio os supostos criadores deste movimento, João, Paula e Alexandre.

José e Manuel, confirmaram ao I.P. que os criadores, os cérebros por detrás deste movimento foram eles. No inicio de 2009, conheceram-se numa obra de construção civil em que ambos trabalhavam, logo na primeira conversa durante a hora da bucha, entre uma sandes de courato e uma mini, surgiu a ideia de criar o Movimento “Geração à Rasca”. José sofre de bexiga hiperactiva, um tipo de incontinência urinária. Manuel sofre de uma vontade constante de defecar. Foram estas duas situações clínicas que os levaram a criar um movimento que chamasse a atenção para as necessidades sociais e de saúde que pessoas que estão sempre à rasca para ir à casa de banho necessitam. José afirma que apesar dos esforços e trabalho realizado na divulgação pública deste movimento, conseguiram pouco mais de uma dezena de aderentes e simpatizantes. Uns poucos colegas da firma de construção civil e alguns reformados e desempregados que frequentam a mesma tasca que José e Manuel. Manuel adianta ainda que em meados de 2009 ainda tentaram fazer uma espécie de manifestação pública em frente ao Posto Médico da Mealhada, mas depois o cabo da GNR local chegou ao local para averiguar o que é que se passava e o pessoal dispersou, indo em direcção aos cafés da zona, pois estava quase a começar o jogo do Benfica.

1 comentário:

  1. O mais engraçado desta geração à rasca é, não só contar com dezenas de milhar de inscrições no Facebook, como ter uma musica na final da Eurovisão!
    Voltámos às canções de intervenção!!! A Luta é Alegria. Homens da Luta.

    ResponderEliminar

Voltamos a ter comentários abertos, mas moderados. Agradecemos educação e cuidado com a linguagem.