Vamos falar de


sábado, 28 de novembro de 2009

População recuou no Alentejo em 2008


O Instituto Nacional de Estatística (INE) sublinha, no Anuário Estatístico Anual, que “a população residente em Portugal, em 31 de Dezembro de 2008, foi estimada em 10 milhões 627 mil 250 indivíduos, o que significou um aumento de 0,09% face ao valor estimado para o ano anterior, significando uma quase estagnação”.

O Alentejo e o Centro foram as únicas regiões que registaram um decréscimo populacional, face a 2007. No Alentejo a quebra atingiu os 0,51% e no Centro os 0,11%. As regiões do Algarve e de Lisboa foram, por outro lado, as que conheceram um maior crescimento populacional. A taxa de crescimento efectivo no Algarve foi de 0,86% e em Lisboa de 0,39%.

Em matéria de criminalidade, o INE frisa que as menores taxas verificaram-se nos municípios do Interior das regiões Centro e Alentejo e ainda em alguns municípios da Região Autónoma dos Açores.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Voltamos a ter comentários abertos, mas moderados. Agradecemos educação e cuidado com a linguagem.