Vamos falar de


sexta-feira, 29 de maio de 2009

II Encontro da Rede Social do Concelho de Mértola


O Cine-teatro Marques Duque recebe no dia 4 de Junho o II Encontro da Rede Social do Concelho de Mértola, uma iniciativa da Rede Social e da Autarquia, com o objectivo de reunir, intensificar e reforçar a parceria do Conselho Local de Acção Social (CLAS) do concelho de Mértola.

Este segundo encontro destina-se a todas as entidades do CLAS do concelho de Mértola (34), bem como comunidade em geral que queira participar.

A sessão de abertura terá lugar às 9h30, sendo de seguida apresentada uma comunicação que abordará os recursos sociais no concelho de Mértola. Seguem-se as intervenções de alguns parceiros do CLAS de Mértola, de modo a apresentarem as suas actividades.

Às 14h30 os trabalhos recomeçam com a apresentação de duas comunicações, a primeira das quais do Centro Distrital de Segurança Social de Beja com o título “O papel das IPSS na Intervenção Social” e a segunda da responsabilidade da Associação Chão dos Meninos sobre “Famílias Multiassistidas.

A sessão de encerramento conta com a presença do Director do CDSS de Beja e do presidente da Câmara de Mértola.
In
Site da Câmara Municipal de Mértola

5 comentários:

  1. E diz o poeta: "Deus quer, o Homem sonha, a Obra nasce". No que se refere às crianças, Portugal pode ter muito boa e moderna legislação. Entretanto continuamos vivenciando tratamento absolutamente diferente entre as nossas crianças. Vivemos como se fossemos um país de "castas". Só alguns têm tudo e, a esmagadora maioria, não tem nada ou quase nada. Quantos infantários há na Mina de S. Domingos? Mais: quantos infantários há no Concelho e onde se situam?
    Estamos cansados de "conversa da treta". Precisamos, urgentemente, de acção. Ouvimos os nossos maiores, na TV, dizendo, frequentemente, que as nossas crianças são uma das suas prioridsdes. Mas a realidade é a que vimos vendo... Ainda nos lembramos de quando um outro dos nossos "maiores" dizia que a "educação e a saúde" eram a "sua paixão"; e, de um outro, que afirmava que "enquanto houvesse listas de espera nos hospitais não dormiria descansado".
    Estamos fartos de gente que fala por falar. Precisamos de gente que saiba e que queira, mas queira mesmo, agir.

    ResponderEliminar
  2. "Deuz quiz, os Homens e mulheres em Mértola sonharam e a obra apareceu" Este é um poema do meu povo.
    Para quem não conhece o trabalho notável que foi feito neste Concelho há cerca de 8 anos, tudo o que se disser é pura ignorância e demagogia.Ignorância por que não conhece a rede social- nos idosos e nas crianças.Mas não admira houve gente que se afastou deste concelho, regressando pontualmente e opina como se fosse um conhecedor da matéria.Há alguem que pergunta quantos jardins infância há neste concelho? Porque não perguntou quantas crianças neste concelho não frequentam jardins infância?E só pergunta quem não tem noção de quantas crianças vivem neste concelho, como se fosse possivel haver um jardim de infância por localidade ou mesmo freguesia.Visite para conhecer o recente jardim de infância inaugurado recentemente.
    Para quem não sabe temos uma das melhores coberturas do País a nivel de apoio a idosos. Em Mértola estamos a agir, com pessoas que se envolvem e querem ajudar os outros.Aqui não há "Nim" ou se faz ou não se faz.
    Estamos a ficar fartos de gente que fala por falar.E.. de gente que fala sem nada fazer.
    Nós queremos gente a "agir" durante o ano e não apenas em alturas eleitorais.
    E é isso que os mertolenses querem e vão continuar a fazer "AGIR".

    ResponderEliminar
  3. E não é que estamos de acordo!... Exactamente, do que precisamos é de gente que queira e saiba agir. As estruturas existentes, no Concelho, foram "criadas" ainda no tempo do Serrão Martins. Felizmente, continuam a funcionar com as necessárias e obvias adaptações. As suficientes ? Acredito que...as possíveis...o que já é bom.

    ResponderEliminar
  4. Snr. Eugénio
    Tanto desconhecimento.Como é possivel fazer considerações desta natureza.Infelizmente no tempo do Serrão, havia outras preocupações ainda maiores-Luz-água-esgotos, etc etc.
    Então o Zé não sabe que foi Mértola que criou o primeiro clas?Chama adaptações a 5 centros educativos, a 2 jardim de infância de raiz e a 3 lares de idosos e apoio domiciliário a amis de 200 idosos?
    Chama adaptação a uma unidade móvel, pioneira no País e a criação de um cartão social que abrange mais de 1 000 idosos?
    Não podemos estar mais em desacordo, senhor José Eugénio.
    Critique o que pode ser criticável, mas não vá por esta área .
    Compreendia as suas considerações e criticas há uns anos atrás que seriam justificáveis quando o Zé defendia outras côres. Hoje não.

    ResponderEliminar
  5. Quando a "Sophia" (Bresnev...que coisa feia...)se refere a cores... fico "desconcertado". Em boa verdade...sou, ligeiramente, "daltónico"...mas gosto do Benfica, logo, sou "vermelho", como sempre fui. Palavra "proibida" no tempo da outra senhora, lembra-se?
    Então, só podíamos ser "encarnados"
    Cá por mim, quero continuar, sempre, vermelho...do Benfica e...do Guadiana... Adepto..."ma non troppo"...
    Quanto ao "resto", hão-de surgir oportunidades clarificadoras, naturalmente. A seu tempo...

    ResponderEliminar

Voltamos a ter comentários abertos, mas moderados. Agradecemos educação e cuidado com a linguagem.