Vamos falar de


quinta-feira, 26 de março de 2009

Boletim Municipal nº 13 já disponivel

Clique na imagem para ver o Boletim

22 comentários:

  1. Para quem diz que nada se faz, vou ali volto já.
    Parabéns e continuação bom trabalho.

    ResponderEliminar
  2. Mértola voltou a estar no mapa.Contra factos não haverá argumentos.Haverá criticas a fazer como sempre. Mas quem está longe e vê obra no terreno só pode dizer que se está a trabalhar bem.
    Sou um mertolense atento que acompanho de longe o meu concelho. Espero voltar em breve para ajudar a fazer um concelho melhor.

    ResponderEliminar
  3. Estou rendido.Apenas conhecia a Mina S. Domingos no verão.Que diferença para melhor nas ruas na praia e em toda a Mina.Agora coma Ponte do Pomarão e o eixo comercial todo remodelado, penso que Mértola conservando o seu passado histórico quer acompanhar a modernidade.
    Parabéns a quem desenvolve este trabalho

    ResponderEliminar
  4. Ultimo anónimo, As Ruas da Mina??
    Você deve ter tido consulta no oculista do Lucílio Baptista, não diga isso lá na mina que eles não gostam de gozo.

    ResponderEliminar
  5. Estes parabéns devem ser endereçados aos espanhois que fizeram a ponte e o bocado de estrada português em tempo récord é só comparar com as obras de Mértola Castro Verde que lá vão andando a passo de lesma, o senão desta obra é o afunilamento da estrada junto ao Pomarão entrada da ponte, pena uma obra nova ter já um problema que neste ponto da estrada não possibilita o cruzamento de dois autocarros.

    ResponderEliminar
  6. Pois é eu vi logo. Tinha que ser reconhece-se a obra mas o mérito é dos espanhois. Que dor de corno bola! A OBRA TÁ FEITA, É DE QUALIDADE, E O MÉRITO É DOS PORTUGUESES E DOS ESPANHOIS, PONTO FINAL. Por muito que isso vos custe, por muito que alguns tenham feito para impedir.

    ResponderEliminar
  7. O anónimo anterior não deve conhecer a Mina.Quem andou gozando muitos anos foi a CDU. Pensava que era só com copos que as pessoas iam lá.Hoje pode-se ir à Mina. Está limpa, tem as ruas arranjadas, tem Centro arranjados, tem praia fluvial, e vai ter mais ainda que para alguns comunas, haja uma pedra no meio da rua que deve ter sido posta lá por algum.
    Vai à mina e goza a vida. Até poder levantar dinheiro da parede e podes adoecer e ir ao médico.

    ResponderEliminar
  8. Seja o mérito dos portugueses e espanhois, mas diz lá que eu não tenho razão obra tão bonita logo aquela mancha de não se poderem cruzar dois autocarros é pena mas agora já não há nada a fazer. Problema de projecto, de quem será a responsabilidade minha não é será dos espanhois? Nem tenho dor de corno, há por ai quem tenha, provam-no os recentes acontecimentos ai pelos lados da Junta de Freguesia de Mértola e sempre estive de acordo com a ponte do Pomarão, o que não me impede de dizer o que está mal feito.

    ResponderEliminar
  9. Anónimo de 27/3/09 2:45 PM

    Você definitivamente não conhece a Mina de S. Domingos.

    ResponderEliminar
  10. Na Mina pode adoecer e ir ao médico, pois pode mas não é de agora, é de há muito tempo. A praia fluvial está lá sim senhor, mas foi inaugurada em junho de 2001, lembra-se? E as ruas estão lá desde sempre e na mesma.... ou seja por arranjar. E multibanco, tem sim senhor graças à insistência do Miguel Rego que bastante lutou para isso e o cine teatro só não se nota mais ainda a degradação porque ainda lá estão as faixas que o Miguel lá deixou. Não sei onde é que viu as ruas arranjadas na Mina, pois eu estive lá há uma semana e só vi buracos e pó, deve estar a falar de outra Mina, porque da de S. Domingos não é de certeza. A quantidade de Lucilios Batista que há por aí é impressionante...

    ResponderEliminar
  11. Voltamos ao mesmo... é ler e reler os posts e comentários e continuamos na mesma... muita parra e pouca uva, é o que é... gosto de cá vir, gosto de ver as notícias da minha terra, mas parece-me que cada vez são menos os que aqui aparecem para isso... é um lavar de roupa suja, é meter sal na ferida e pensar no mal dos outros em vez de pensar no próprio bem... e em "tempo de eleições" então...
    enfim, é mais do mesmo...

    ResponderEliminar
  12. A D. Maria José Henriques desde que deixou as avenças da Câmmara nunca mais deve ter ido á Mina, pois quando ia á Mina devia só ir ao seu gabinete.
    Deve visitar o Bairro Alto, a zona a seguir aos correios etc.etc. só se não olhar para o chão não encontrará a diferença.

    ResponderEliminar
  13. Bairro alto, zona a seguir aos correios??...

    Mais uma vez, não conhecem ou não sabem onde é a Mina. Estarão a confundir com as minas do lousal ou do rio tinto??

    Ou é um delirio colectivo causado por excesso de consumo de atubras e cogumelos?

    ResponderEliminar
  14. «Para quem diz que nada se faz, vou ali volto já.
    Parabéns e continuação bom trabalho.»
    Li apenas o primeiro comentário e não consegui ficar calado!
    Alguém se lembra das «30 medidas urgentes» para as autárquicas 2001, apresentadas pelo Partido Socialista? :)
    Eu tenho em casa, e quando me sinto mais embaixo faço questão de reler, e o que é certo é que começo logo a rir!

    «Para quem diz que nada se faz vou ali volto já»...então vá amigo, e no caminho procure o Centro Internacional de Turismo Desportivo e de Natureza em Mértola, que supostamente iria estar terminado ATÉ 2004!!! Passe pelo grande parque de campismo, que deve estar a encher para o Festival Islâmico! Mas vá devagarinho e passe por todas as terrinhas do Concelho...e orgulhe-se da OBRA REALIZADA! :)

    Sem mais,

    SVSCOA

    ResponderEliminar
  15. Vivam!

    Afinal a Srª Drª MAria José Henrique (quanto eu lamento não a conhecer - deve ser uma pessoa muito interessante) tem sentido de humor. Falar do Lucílio Baptista não é fácil e pessoas há que adoram o homem. Eu deveria usar óculos - aqui, penitente me confesso - mas a Mina actual tem coisas muito melhores do que tinha.
    Acham que com o PC teria uma unidade hoteleira de 5 estrelas?
    E o monumento ao mineiro, a casa do mineiro, as ruas e os espaços arranjados...
    São muitos os LB em Mértola. Credito porém que são mais aqueles que têm olhos para ver e cabeça para pensar...

    ResponderEliminar
  16. Ponto da Situação da disputa entre o Sr. António Medeiros e a Dr.ª Maria José Henriques
    Se o Sr. António Medeiros demonstra uma preferência pela gestão do Partido Socialista em detrimento da Gestão anterior protagonizada pela CDU exagerando pontualmente os benefícios de uma e os malefícios de outra, a Dra Maria José Henriques, carinhosamente apelidada por alguns de Bizé, não consegue disfarçar o azedume que lhe vai na alma quiçá no próprio estômago pela digestão mal feita relativamente à não renovação da sua avença nos serviços municipais e a sua substituição por outros colegas, parece que na sua opinião com menos valias técnicas relativamente a si própria.
    Se ao Sr. António Medeiros lhe podemos apontar o dedo por algum seguidismo, quiçá bacoco relativamente às políticas do PS, em relação à Dr.ª Bizé (não se ofende se a tratar assim?) podemos apontar-lhe falta de discernimento e incapacidade de julgar em causa própria, estando as suas opiniões inquinadas por uma bílis em produção exagerada que lhe turva a visão e a impede de fazer análises esclarecidas e desapaixonadas.
    Lamento se a minha opinião, por ser anónima, ofende os dois visados, o Sr. António Medeiros por já ter aqui manifestado a sua opinião contra esta corja de energúmenos que não tem coragem de dar a cara e á Dr.ª Bizé por lhe aumentar o fluxo biliar que tanto mal lhe faz á pele e tanto lhe perturba o discernimento e a visão.
    (esta vai dar pano para mangas, LOL)

    ResponderEliminar
  17. Caro anónimo nem devia responder-lhe, porque isto de falar com anónimos não tem piada, mas ainda assim sempre lhe digo o seguinte:

    1- A minha pele é optima, branquinha e sem manchas e a minha visão vai bem obrigado, nem uso óculos e olhe que já tenho quase 42 anos e passo horas intermináveis a ler e a escrever;

    2- As minhas análises são bastante esclarecidas, até porque as fundamento sempre em factos da vida real, agora desapaixonadas, isso nunca! Tem toda a razão. Eu ponho paixão em tudo o que faço, nem concebo que seja de outra forma e todas as causas que assumo, seja a que titulo for, são próprias porque, mal as aceito passam a ser minhas;

    3- Quanto à afirmação que faz de eu dizer que os meus colegas têm menos valias técnicas do que eu jamais me ouviu dizer tal coisa, porque eu nunca disse isso e eu não vou admitir que me atribua a autoria daquilo que não digo.

    4- Quanto ao "extremismo" de posições que me atribui e ao António Medeiros, eu apelo ao seu bom senso e sugeria que desse as suas opiniões, isentas, desapaixonadas e sem seguidismos bacocos, sobre os assuntos e não sobre os comentadores e de preferência, identificado como nós, porque, ainda que bacocos e venenosos, não somos anónimos.

    ResponderEliminar
  18. Quanto a si, caro anónimo que acha, entre outras coisas, que tenho sentido de humor, digo-lhe que conheço a Mina muito bem, e sei do que falo, mas nem vou perder tempo a responder-lhe, porque alguém, que desconheço, poupou-me esse trabalho, leia o post "Ainda sobre a Mina de S. Domingos" no "Mértola à Deriva" e tem lá a resposta a algumas das suas questões. Quanto à "casa do mineiro" apenas lhe lembro que se o anterior executivo não tivesse convencido a La Sabina a doar a casa,ao municipio, simplesmente não havia "casa do mineiro"!

    ResponderEliminar
  19. A Bi Zé é de muito fraca visão. E deve querer deitar areia para os olhos dos que vivemos na Mina. Durante dezenas de anos, e olhe que me lembro desse tempo, o presidente e vereadores nem queriam vir à Mina por nos acharem chatos e malucos. Lembro-me do executivo Paulo Neto+Jorge Revez+Miguel Bento dizerem em público que a Mina era caso perdido. Fizeram como se nós não existissemos, e o resultado foram quase 100 processos de contra ordenação, porque iam ficando na gaveta, ficamos uma terra sem lei. Desde o Dr. Jorge Pulido notamos uma grande diferença, estão a mexer na Mina, a limpar, a melhorar, sentimos que querem fazer alguma coisa, não nos sentimos abandonados pelo presidente nem pelos vereadores, e agora muito menos porque este presidente Dr. Jorge Rosa é nosso amigo. A Bi Zé esteve cá mas não sabe qual é o nosso sentimento, e é fácil falar sem cá viver,não conhece a nossa realidade, só tenta denegrir a imagem de quem quer fazer alguma coisa.

    ResponderEliminar
  20. Com a saída do Pulido até o Boletim Municipal perdeu qualidade.

    ResponderEliminar
  21. " desejo a todos uma boa Páscoa e continuem com muita confiança no futuro porque sabemos estar no bom caminho para um melhor futuro para Mértola" BM J.Rosa, pena é que este futuro radioso continue com tantas incertesas, obrigando cada vez mais Mertolenses a abandonar a sua terra procurando melhor vida noutro lado e não são certamente as centenas de Espanhois que vêm almoçar a Mértola que vão contrariar esta tendência, nem tão pouco os paliativos das medidas sociais, que nos vão ajudando a sobreviver, precisamos de um projecto mais ambicioso para recuperar a dinamica do nosso Concelho

    ResponderEliminar
  22. E eu que não sabia que o hotel de 5, digo bem, 5 estrelas, era também obra deste Poder que nos "degola" há 8 anos. Querem ver quem foram também eles quem "conquistou" Mértola aos mouros. Porque, todos o sabemos, foram eles quem tirou as sanguessugas da Tapada...para as levarem para os Paços do Concelho. Seria tão bom se todos falassemos francamente..incluíndo... eu própria. Mas se, isto tudo, parece uma brincadeira, ou não será ? Maria.

    ResponderEliminar

Voltamos a ter comentários abertos, mas moderados. Agradecemos educação e cuidado com a linguagem.