Vamos falar de


segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Autarquicas 2009 - Correio Alentejo


PS adianta trabalho para as autárquicas 2009
O Partido Socialista já definiu todas as candidaturas às câmaras municipais do distrito de Beja nas eleições autárquicas de 2009. Segundo apurou o “CA” junto de fonte partidária, só em Serpa, Barrancos e Moura “ainda há algum trabalho por fazer” mas, durante o mês de Janeiro, “tudo estará decidido”.Recorde-se que Luís Pita Ameixa, presidente da Federação do PS Baixo Alentejo, já definiu como grande objectivo político para 2009 “disputar da vitória em todas as autarquias” do distrito de Beja e, nesse enquadramento, assumiu que o partido irá fazer “um trabalho bem feito, com responsabilidade e exigência”.

“Em todo o lado vamos jogar para a vitória. Fá-lo-emos com boas pessoas e bons programas. Essa é a responsabilidade do PS, o que não quer dizer que vá ganhar em todo o lado, entenda-se bem”, afirmou Luís Pita Ameixa.

Neste contexto, os socialistas parecem estar a fazer uma aposta muito forte em dois dos principais concelhos da região, onde nunca lideraram as respectivas autarquias: Beja e Castro Verde.

Em Beja, a escolha de Jorge Pulido Valente foi feita por unanimidade e lançada com o objectivo de mobilizar a sociedade civil do concelho. Nesse enquadramento, o próprio Pulido Valente já explicou que a preparação do projecto “vai extravasar o próprio PS” para “envolver todos aqueles que queiram contribuir para o desenvolvimento de Beja”. E defendeu que “este tipo de projecto autárquico não pode limitar-se aos partidos políticos e deve abrir-se à sociedade civil”.

No caso de Castro Verde, a única candidatura apresentada formalmente à imprensa pelo PS, o cabeça de lista, José Francisco Colaço Guerreiro, também vincou a “génese apartidária” da candidatura porque, segundo explicou, esta “não nasceu dentro do PS, nasceu na consciência de que havia algo a fazer para que tudo não continuasse na mesma”. “Não concorremos contra indivíduos nem instituições, mas a favor do bem-estar integral e do enraizamento das gentes deste concelho”, explicou.

Aljustrel e Vidigueira. Outros dois concelhos onde o PS alimenta esperanças são Aljustrel e Vidigueira, onde o PCP tem maioria nas autarquias. Na vila mineira, o candidato volta a ser o actual administrador da Gestalqueva, Nelson Brito. Depois de derrotado em 2002 por José Godinho, o jovem jurista deverá ter pela frente Manuel Camacho, que acaba de render José Godinho na liderança da autarquia e deverá ser o candidato da CDU.

Na Vidigueira, tudo indica que o candidato socialista possa ser António Mendes Pinto, actual director regional de Economia do Alentejo e presidente da concelhia do PS. Recorde-se que, em 2002, a autarquia vidigueirense foi conquistada aos socialistas por Manuel Luís Narra, que irá apresentar a sua recandidatura. No resto do distrito, o PS escolheu Vicente Maurício em Alvito e João Saleiro em Almodôvar. Em Moura, Serpa e Barrancos tudo deverá ficar decidido ainda este mês.

Nos concelhos onde lidera as câmaras municipais, estão confirmadas as recandidaturas de Aníbal Reis Costa em Ferreira do Alentejo, Pedro do Carmo em Ourique e Francisco Orelha em Cuba – neste caso, também já é conhecida uma “pequena revolução” na lista, estando confirmado o regresso de Carlos Almeida (que integrou a equipa do primeiro mandato de Orelha) e de Teresa Calado. No caso de Mértola, Jorge Rosa também deverá encabeçar a lista do PS.

Em Odemira, onde António Camilo não será candidato, segundo informações recolhidas pelo “CA” a escolha socialista recaiu no actual vice-presidente da autarquia, José Alberto Guerreiro.


PCP renova em Castro e Aljustrel

Como é habitual, o PCP também tem o “trabalho de casa” adiantado e as diferentes candidaturas estão praticamente definidas em toda a região. Nos concelhos de Beja, Moura e Serpa, onde lidera as câmaras, estão confirmados Francisco Santos, José Maria Pós-de-Mina e João Rocha, apesar do último ter repetido várias vezes que este seria o seu último mandato. Também em Barrancos é praticamente certa a recandidatura de António Tereno e, na Vidigueira, Manuel Narra assumirá o desafio de tentar um segundo mandato. Em Castro Verde, com Fernando Caeiros a ser uma possibilidade cada vez mais remota, o PCP deverá optar por Francisco Duarte, o actual presidente da câmara. E em Aljustrel, confirmada a saída de José Godinho para a ER Turismo do Alentejo, avança Manuel Camacho, que vê chegada a sua hora depois de há longos anos assumir o papel de número dois, quer em Aljustrel quer em Beja.

Em Alvito, o PCP terá manifestado o desejo de ver o actual presidente, João Paulo Trindade – eleito em 2002 numa lista de “independentes” – vestir “oficialmente” a camisola comunista, mas tudo aponta que a escolhe terá de ser outra. Em Cuba repete-se a candidatura de João Português e, nos casos de Almodôvar, Mértola, Ourique, Odemira e Ferreira do Alentejo, concelho onde está na oposição há longos anos, ainda é desconhecida a escolha do PCP.


PSD define prioridades

O PSD também já tem definido algumas candidaturas para 2009, nomeadamente nos concelhos onde assume apostas claras para ganhar as respectivas autarquias. No único concelho onde está no poder, apesar das evidentes divisões internas, o candidato será António Sebastião. Em Alvito avança Mário Simões e em Ourique o candidato é José Raul Santos. Em Beja, segundo fontes partidárias, a escolha deverá recair em Pires dos Reis, enquanto que, no caso de Serpa, deverá repetir-se a candidatura do agricultor Sebastião Rodrigues, que neste mandato assumiu funções na equipa do comunista João Rocha. Em Castro Verde tudo aponta que o PSD vai escolher Pedro Figueira e, em Odemira, a escolha deverá recair em Raul Albuquerque, actual eleito na Assembleia Municipal.
in Correio alentejo
segunda feira, o5 de Janeiro de 2009 - 09h20

9 comentários:

  1. Amigo Carlos Viegas:

    Uma "pequena revolução" em Cuba! Outra?

    E, desta vez, é por de trás de Orelha...

    Quanto a Beja, só é de felicitar a coragem do Jorge Pulido Valente.

    Será desta vez que é derrubado o bastião comunista?

    INXALÁ, como diria o nosso amigo Santiago se estivesse do lado do PS...

    ResponderEliminar
  2. Esta é, de facto, espirituosa. Mas não, meu caro/minha cara. Não estou com o PS. Mas convido-o/a a dar uma espreitadela dentro de dois ou três dias ao meu modesto blogue. Pode ser que se surpreenda...

    ResponderEliminar
  3. Fico cheio de curiosidade!

    Qual será a surpresa? Será o cabeça da CDU em Mértola?

    INXALÁ!

    ResponderEliminar
  4. este ano até os comemos!
    ahahah

    ResponderEliminar
  5. Caalmaa! Já está publicado. É o elogio sincero a um militante socialista. Nem tudo nem todos devem ser vistos do mesmo modo. Ou seja, não estou com o PS, não votarei no PS mas estou com alguns amigos do PS. Em Mértola não (eleitoralmente falando), claro.

    ResponderEliminar
  6. Amigo Santigo quero saber algo mais sobre o teu blog.

    ResponderEliminar
  7. É um blog sem pretensões, aviso já:
    http://avenidadasaluquia34.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  8. Também nesta Santiago
    Também és daqueles que mesmo que o PS trabalhe bem, o importnate é dizer mal.Por que será que nunca criticaste o Tal Jerónimo e a sua Politica de apoio miserável a Cuba e à Correia do Norte?
    Gostava de ouvir a tua opinião.
    Fico à espera

    ResponderEliminar
  9. Nao acho correcto esta noticias sobre candidaturas ou recandidaturas...
    Parem tiros para o ar a ver se acertam. Calma e paciencia que tudo a seu tempo se saberá.
    E vai haver surpresas

    ResponderEliminar

Voltamos a ter comentários abertos, mas moderados. Agradecemos educação e cuidado com a linguagem.