Vamos falar de


quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Inaugurada ligação a Espanha

Câmara Municipal de Mértola inaugurou hoje o caminho municipal que liga o concelho á vizinha Espanha.
A cerimónia contou com a presença de Eduardo Cabrita, secretário de estado adjunto e da administração local. A par do caminho municipal 1096 que faz a ligação entre Corte do Pinto e a localidade espanhola de Paymogo, foram ainda inaugurados os arruamentos de Santana de Cambas.
Esta intervenção que custou cerca de dois milhões de euros.

21 comentários:

  1. Eu tive lá19/12/07, 18:10

    Xiii ja enauguraram uma ligação que não esta acabada.

    Onde esta a ponte??????

    e o resto que falta até apanhar a outra estrada que da para a ponte?????


    alguem pode explicar???

    ResponderEliminar
  2. Eu não estive lá,20/12/07, 00:14

    Se esteve lá… perdeu uma boa oportunidade para denunciar que a obra não está pronta. Não diga asneiras dessas porque ninguém acredita. Quanto à ponte, fique descansado que há-de ser de novo convidado para poder dançar em cima dela, no “balho” que lá querem fazer quando for inaugurada.

    ResponderEliminar
  3. o melhor foi o almocinho....

    ResponderEliminar
  4. cliente das ancinhas20/12/07, 16:03

    Pois é, o tempo do verbo está incorrecto, "ligará" ou se lê "liga".

    Por agora apenas "liga" quase até à Corte da Azinha (ou será Asinha?).

    ResponderEliminar
  5. E a ponte de S. João? Pintada de vermelho comuna... Uma vergonha!!!
    Só falta a foice e o martelo na lápide.

    ResponderEliminar
  6. Camarada Presidente da Corte Pinto
    Não precisava de agradecer tanto à Câmara e dizer mais de uma vez que aquilo era um marco histotico. Já viste que só damos tiro nos pés. Marco histotico na agua, na construção e bla, bla e tu vá de elogios.
    Já há dias o de S. João a mesma coisa. Parabéns â camara.E até o Zé rodrigues já elogia esta Câmara por que o que faz na freguesia de Santana. Quando for a inauguraçao da Ponte do Pomarao o melhor é jogarmos todos lá de cima.Tenham cuidado com que dizem. O que é que vamos depois dizer?

    ResponderEliminar
  7. há pouco esqueci-me. Por que sei quem escreve e lê este blog há pelo menos duas pessoas responsáveis do nosso partido, mas apesar de ´já não pertencer à cargos dirigentes continuo a ser comunista e estar atento.Mas recomendava que os nossos vereadores tivessm outra postura.Li há dias que querem fechar a Merturis e a Fundação cujo nome é sõ Serrão Martins.Acho leviano até poque lá trabalham pessoas que a partir deste momento não vão querer ouvir falar deles.
    Prudência, para não causarmos mais danos

    ResponderEliminar
  8. Eu tive lá21/12/07, 15:09

    Com esta estrada para o meio do nada é que esta tudo tramado (ou melhor nas mãos dos comunas), pois se Serpa não avançar com o resto da obra nunca mais temos a ligação a ponte.

    E já agora a quando da reinauguração eu quero lá ir ver para dar um pezinho de dança encher a barriguinha com um belo almoço pago pelo Srº Pulido..

    OOHHHH….

    ResponderEliminar
  9. Não me digam que os presidentes de Junta CDU agora são unha e carne com o Pulido? Deve ser alguma estratégia comuna para voltarem a ganhar as juntas em 2009... Ou então o Pulido adoptou-os.

    ResponderEliminar
  10. Se se diz bem...não gostam...se se critica não se conhece a realidade!Estes chuchas do PS são tão espertos que até impressiona.
    Para além de dizer mal neste blog, pouco mais sabem fazer para ajudar o próprio partido.

    ResponderEliminar
  11. "O executivo da Câmara de Mértola aprovou esta semana, por unanimidade, conceder um subsídio de 7.500 euros à Santa Casa da Misericórdia de Mértola destinado ao pagamento do ante-projecto de arquitectura do futuro lar de 3.ª idade que irá servir as populações das freguesias de São Miguel do Pinheiro, São Pedro de Sólis, São Sebastião dos Carros e Espírito Santo.
    Fonte da autarquia revela que o projecto, já candidatado ao programa PARES, vem dar resposta “às necessidades do elevado número de idosos, sem apoio familiar, que residem nesta zona do concelho”, onde não existe “nenhuma estrutura de apoio ao internamento”.
    Esta necessidade, acrescenta a mesma fonte, “foi detectada no diagnóstico social do concelho e planeada no Plano de Desenvolvimento Social, com a aprovação de todos os membros do Conselho Local da Acção Social”."

    Mas não era o lar das 5 Freguesias? Então e a Freguesia de S. João não vai ter lar? É um lar só para os idosos do PS?
    Se se pensar bem é melhor que S. João fique de fora pois nem sequer há transportes para S. Miguel (quem não tem transporte próprio teria de alugar um taxi para visitar os familiares internados), a estrada está péssima e os poucos idosos de S. João sem apoio familiar e com necessidade de internamento ficam muito melhor em Mértola do que S. Miguel.

    Além disso parece que vão fazer um lar mesmo em S. João, terreno não falta lá e é gratuito!

    É que com o encerramento da escola de S. João o que não falta lá e sítios para lares!!!!

    ResponderEliminar
  12. Nunca vi alguém inaugurar uma obra que não está terminada! Ainda por cima uma via rápida direito à...Corte da Azinha.O mínimo que se exige aos nossos políticos nem sequer é a competência...é a seriedade!

    ResponderEliminar
  13. CASO LAR DAS 4 FREGUESIAS PS

    Uma vergonha, quando uma câmara discrimina claramente uma Freguesia tão importante como S. João que fica deste modo de fora como consta neste novo protocolo. Pior, quando a Câmara critica as Juntas CDU organizarem convivios vem agora com o troco discriminatório de deixar esta Freguesia de parte.
    Mal daqueles que andam áquem das politicas pois eles é que sofrem!

    Vergonha, só posso dizer!

    ResponderEliminar
  14. aos Lar 5.1
    Quguesi giro. Os comunas são muito intelegentes.Só contam a esperteza deles.
    Com que então é a Câmara que discrimina a freguesia de S.João ?Então e a câmara tem alguma coisa a ver com o lar?
    Os comunistas assim que ganharam a freguesia de S.João à semelhança do que fizeram com outras iniciativas, escreveram à comissão organizadora da construção do lar a pedirem a sua desvinculação.Vou pedir cópia da carta para ser publicada, que a popoluação de S.João precisa de saber desta iniciativa. Por acaso estou por dentro disto tudo e já vi estar carta que li com estranheza.
    Mas quem fez este comentário quer dar ao volta ao contrário mas saiu-lhe o tiro pela culatra.
    Vergonha, só posso dizer ao inventor desta e doutras histórias sempre contadas ao contrário

    ResponderEliminar
  15. Assunto : Lar de Idosos

    Esclarecimento sobre lar de S.João
    Não foi a Câmara, nem as outras freguesias que nos excuiram.Fomos nós que pedimos a saída porque queriamos fazer um lar só para nós.
    Não metam politica nisto nem a freguesia contra a Câmara, pois temos boas relações.
    Por razões óbvias não nos queremos identificar

    ResponderEliminar
  16. ao anonino das 9 54

    JÁ AGORA NÃO PRECISAVAS DO ANONIMATO.É BOM TER CORAGEM MAS É MAU TER MEDO.
    E QUEM ESTÁ NAS FUNÇÕES NÃO TEM QUE TER MEDO DO PARTIDO, ESPECIALMENTE QUANDO TEMOS RAZÃO.AS PESSOAS JÁ NÃO SÃO PARVAS E AS MENTIRAS VIRAM-SE CONTRA QUEM AS INVENTA

    ResponderEliminar
  17. Isto parece um dialogo das produções ficticias Lol Alguem que se faz passar por um membro da Junta, outras que sabem mais que os assistentes sociais da Câmara e da Santa Casa etc. Continuem porque este post esta melhor que uma rábula dos batanetes.

    ResponderEliminar
  18. Com tanta coisa ainda por fazer ... só se perde tempo com estes comentários e contracomentários improducentes e desmoralizadores para aqueles que ainda precisam de muito anâmino para levar Mértola ainda mais para a frente...o problema é que as pessoas se podem cansar de comentários destrutivos e de falta de reconhecimento pela obra feita, e depois vão-se embora de vez por não aguentarem tanta treta ... depois é que vão sentir a falta mas ai já é tarde ...

    ResponderEliminar
  19. Estive a ler todos estes comentários e fiquei sem saber, se, de facto, a estrada que foi inaugurada vai da Corte PInto até à localidade espanhola de Paymogo. Pelo que li, fiquei com a ideia que vai só até à Corte de Asinha. Se assim for, é de lamentar que tenha sido inaugurada uma obra inacabada.

    ResponderEliminar
  20. O Alentejo merece da parte dos seus governantes de ajuda e apoio para com aquelas populações que vivem isoladas e que ainda têm esperança de um dia estarem mais próximas de centros populacionais.
    Com a falsa inauguração desta estrada, penso que os problemas continuarão. Estas pessoas merecem respeito!!!!

    ResponderEliminar
  21. Caro Carlos Viegas,
    gostaria que me informasse se a estrada que supostamente vai da Corte Pinto a Paymogo já foi inaugurada. Esta notícia é antiga e eu não sei como está a via. Será que está tudo pronto?

    ResponderEliminar

Voltamos a ter comentários abertos, mas moderados. Agradecemos educação e cuidado com a linguagem.