Vamos falar de


sexta-feira, 16 de março de 2007

“ O Rio e os Homens – a Comunidade Ribeirinha de Mértola “

A Câmara Municipal de Mértola lança no próximo dia 24 de Março, pelas 16 horas, no Centro de Interpretação do Pomarão o livro “ O Rio e os homens – a Comunidade Ribeirinha de Mértola “ da autoria de João Simas. O lançamento desta obra está incluído na programação do Festival do Peixe do Rio no Pomarão.


O livro O Rio e os Homens é um trabalho de investigação sobre a comunidade que vivia do rio e no rio Guadiana no concelho de Mértola. O âmbito cronológico é sobretudo o século XX, século de mudanças mas também de permanências. O Guadiana é um rio de características mediterrânicas e, por isso caudaloso e com cheias quase imprevisíveis no Inverno, calmo durante os longos e secos verões, possibilitando a navegação na maior parte do ano até Mértola onde chegam as marés e os peixes e outras espécies que vindas do mar desovam mais a montante, permitindo que as comunidades que vivem dele e com ele participassem de características diferentes das outras populações do interior alentejano.

Este livro trata não apenas dos pescadores mas também de “marítimos” que utilizavam o rio como meio de transporte, afinal a principal via de relação entre o Baixo Alentejo e o litoral. Foram estes homens e mulheres que de forma quase anónima e lutando constantemente pela sobrevivência permitiram que o Baixo Guadiana fosse um espaço vivo até hoje o que só foi possível pela solidariedade entre os membros da comunidade que se ligavam entre si por laços familiares o que permitiu que se mantivesse uma cultura mesmo com substituição de civilizações e religiões oficiais. O rio mais do que uma fronteira foi durante séculos e milénios o meio por onde entravam as mercadorias e sobretudo as pessoas com as suas novidades, ideias e costumes e práticas religiosas. Este estudo é apenas mais uma pequena contribuição para o conhecimento desta cultura construída por aqueles que não tiveram privilégios ao longo da História”.



3 comentários:

  1. Caros Amigos,

    Por necessidade e infelicidade minha tenho que trabalhar aos sábados, da parte da manhã. Logo que me despache irei direito ao Pomarão. É que, mesmo que outras razões não existissem, um livro sobre este tema e já razão suficiente para uma deslocação.

    PS - aproveito para subscrever uma ideia subjecente a algumas opiniões: mais auto estima, menos depressão.

    Bom trabalho

    MS

    ResponderEliminar
  2. Parabéns Sr.João Simas!!Gostei mt d ler o teu livro"O rio e os homens...a comunidade ribeirinha da mértola" e é mt interessante p as pessoas saber a história d mertola.Abraço"Bom trabalho... Amigo"

    ResponderEliminar
  3. @carlos viegas
    onde se pode comprar este livro?

    ResponderEliminar

Voltamos a ter comentários abertos, mas moderados. Agradecemos educação e cuidado com a linguagem.