Vamos falar de


sexta-feira, 8 de dezembro de 2006

a reflectir... ou talvez não!

Ao ler o artigo de opinião do Autarca de Mértola 30 anos de Poder Local Democrático, e agora?” publicado pelo semanário Correio Alentejo, cujo conteúdo considero merecedor de leitura, retive esta interessante passagem:

Um outro desafio que se coloca actualmente com grande premência ao Poder Local é o da efectiva participação dos cidadãos na gestão municipal. As dificuldades são óbvias não só pelo facto de não existir tradição nem cultura de participação nas nossas populações e instituições, como também não terem ainda sido criados os mecanismos, os instrumentos e as condições para que ela se processe com simplicidade e facilidade mas também responsabilidade.”

À qual associei, imediatamente, uma frase de Vital Moreira, que cito de memória: “…os blogues podem finalmente realizar, a uma escala nunca imaginada, a utopia democrática de permitir aos cidadãos em geral intervir directamente nos assuntos da Polis”

Sem dúvida que os blogues poderão ser um dos meios para essa “efectiva participação”, de utilização simples e facilitada, resta esperar, ou formar, a intervenção responsável, que não passa necessariamente pela renúncia ao anonimato, pois uma opinião fundamentada não necessita ser assinada.

JDR

4 comentários:

  1. Parabéns para tua (sempre) clarividencia e (quase sempre)acutilancia.

    ResponderEliminar
  2. Mais uma vez, fantástico!
    Concordo que os blogues permitem uma intervenção efectiva das populações nos assuntos fundamentais do poder local (e não só), permitindo também que esse mesmo poder local receba um feedback das suas intervenções rapidamente.

    ResponderEliminar
  3. Sem dúvida que os blogues são importantes.
    Mas daí até serem um meio "de permitir aos cidadãos em geral intervir directamente nos assuntos da Polis", vai uma longa distância.
    1º - é preciso votar;
    2º - ter consciência do que se está a votar, não só na pessoa (ou no partido numa atitude clubística) mas no programa (95% das pessoas nunca leu um programa eleitoral e se calhar 50% não sabe que tal documento existe).
    3º - A nível da "Polis", quantas pessoas consultam os processos dos PDM's, Planos de urbanização, loteamentos... durante o que se chama de Periodo de consulta pública, analizando-os e contribuindo com sugestões, reclamações...
    Para integrarmos uma democracia onde os cidadãos tenham voz activa é preciso ter e usar voz não só para dizer que "isto está tudo mal...ninguém faz nada...é sempre a mesma m...a...são todos iguais..."
    É PRECISO HAVER VONTADE DE PARTICIPAR, EM VEZ DE DIZER ESTÁ TUDO MAL.

    ESCREVER NO BLOGGE É A MESMA COISA QUE DIZER NO CAFÉ, ATINGIMOS SÓ QUEM ESTÁ À NOSSA VOLTA E COM PRATICAMENTE NENHUMA CONSEQUÊNCIA.

    Atenção que acho que os blogges fazem falta para discutir e trocar ideias, no entanto não chega para começar.

    ResponderEliminar
  4. Aqui está um bom tema para disussão e logo colocado por um jovem que já nasceu e viveu no poder local democrático.
    O tema ou temas em discussão dá para as mais diversas opiniões.
    "Maria Gustava" tem toda a razão.
    Hoje quem não participa na discussão dos assuntos do seu concelho é porque não quer... porque acha mais simples e fácil dizer que está tudo mal, muitas vezes sem sequer ter dados para omitir uma opinião.Os blogs podem ser sempre um meio para se discutir sériamente mas não podemos ficar apenas por aqui.Temos que participar nas discussões´públicas para entendermos o que está em análise e depois dar-mos a nossa opinião.
    O grande problema é que cada vez mais o cidadão apenas se preocupa com o seu problema e esquece o problema dos outros.
    Parabéns Zé Daniel porque daqui pode nascer uma discussão s´eria com bons contributos e pistas para novas visões do mundo, do país ,da região , do concelho, da freguesia do bairro ,ou da nossa rua.

    ResponderEliminar

Voltamos a ter comentários abertos, mas moderados. Agradecemos educação e cuidado com a linguagem.