Vamos falar de


quarta-feira, 26 de julho de 2006

Teatro em Mértola - Estreia



Marcada para as 21 h 30 m de Sexta-feira dia 28 de Julho a estreia da peça

Merenda na Contra-Mina
de Joaquim Pedro Ferreira

pelo nóvel Grupo de Teatro de Mértola - Wadi-Actos - no velho Marques Duque, agora renovado.
.
Do elenco fazem parte:
.
Afonso Teles, Ana Maria, Ana Rita santos,
Andreia Rosa, Beatriz Fresco, Guilhermina Bento,
Inês Teles, Joana Reis, João Pedro Marques,
José Vaz, Luís Borges, Margarida Fortunato,
Pedro Rosa, Rossana Torres, Sara Gomes,
Sónia Deodato e Susana Meneses

A não perder.

26 comentários:

  1. Que bom, ainda bem que estão a utilizar este espaço renovado para actividades teatrais, a cultura também é uma necessidade e o teatro uma arte linda! Gostava bastante de, se possível, conhecer melhor o trabalho do grupo e vir até quem sabe a poder participar com ele. Se for o caso agradecia informações.

    O "Amarelo"

    ResponderEliminar
  2. maria brandao28/07/06, 12:17

    independentemente do trabalho que hoje será apresentado no cine teatro, gostaria desde já felicitar todas as pessoas envolvidas neste grupo de teatro que com certeza irá vingar esta noite!
    o teatro é uma de dedicação e o nosso espaço Marques Duque merece actividade! lá estarei esta noite, na primeira ou noutra fila qualquer para aplaudir!

    bem hajam!

    ResponderEliminar
  3. Há elementos do grupo que aqui participam e que estão, mais do que eu, em condições de disponibilizarem informação sobre o GTM, o começo, as condições de trabalho, os projectos na calha, os actores, etc.

    É genuíno serviço público reanimar uma actividade há muito adormecida cá na terra.

    Eu, pessoalmente agradeço

    Até logo à noitinha.
    Vai correr tudo bem

    ResponderEliminar
  4. Pessoalmente acho k é um gande acto de coragem de todos os participantes,e mértola ja tinha falta de uma iniciativa como esta!!!
    Parabens e boa sorte a todos!
    Principalmente a minha tia e prima ke s encontrão neste grupo!!!

    ResponderEliminar
  5. Fui assistir e gostei

    ResponderEliminar
  6. Descobri este blog por acaso. Encontrei-o através da pesquisa com os seguintes termos: Mértola; Teatro. E vim aqui cair direitinha e a surpresa foi espectacular. É que o meu descendente esteve lá a representar que eu sei. Para mim é motivo de orgulho saber disto. Gostava imenso de o ver a representar caso haja essa possibilidade. Será que alguém filmou?
    Bem-haja o Grupo de Teatro de Mértola.

    ResponderEliminar
  7. Gostei muito da peça e gostei ainda mais de ver o empenhamento dos intervenientes. Gostei especialmente dos elementos do cenário, das imagens que passavam e dos fantoches, que transmitiram o ambiente adequ à época. Força para continuar e sucesso em todas as vossas apresentações e futuras realizações.
    Já agora penso que os intervenientes gostariam de ver aqui as opiniões do público e sugestões relativamente ao seu trabalho. Façam crítica, mas crítica construtiva.

    ResponderEliminar
  8. Parabéns a todo o grupo.Fizeram um excelente trabalho, mesmo com todas as condicionantes que um grupo amador e ainda por cima estreante pode ter... Com certeza encheram de orgulho os vossos conterrâneos. Espero que seja para continuar...

    ResponderEliminar
  9. Alentejo, que tão bem conheço, por ter trabalhado em Beja entre 1975 a 1980, e aonde poucas vezes regressei – para pena minha. Deixo aqui a minha saudação a este interessante blogue, para revistar mais vezes.

    ResponderEliminar
  10. Agradeço à minha sobrinha e a todos os que expressaram aqui a sua opinião. Este grupo vai continuar com muitas e boas surpresas. Contamos com o apoio de toda a comunidade.

    Pelo grupo de teatro WADY-ACTOS
    muito obrigado!

    ResponderEliminar
  11. Parabens a todos os intervenientes por terem existido naquele bonito Teatro.
    Tenho muitissima pena de estar a 513 Km do local do crime.
    Força Talisca
    RS

    ResponderEliminar
  12. Amélia Parreira01/08/06, 14:20

    Parabéns ao grupo e principalmente,parabéns a Joaquim Pedro Ferreira!admiravel o seu trabalho!
    Espero q continuem todos!!!

    ResponderEliminar
  13. Alguém do grupo, amavelmente, deu-me um convite para a estreia. Fiquei agradecido e fui. De todo o modo, mesmo sem convite, teria ido sempre. Seria muito difícil alguém barrar-me o caminho. Porque gosto de teatro e porque estavam lá pessoas, de quem eu gosto, a fazer teatro.

    Dito isto, adiantarei algumas notas, esperando que o grupo não as entenda como críticas.

    Para um primeiro trabalho, os actores no geral tiveram exibições muito acima da média. Tomara muitos profissionais do ramo.
    Espero que os outros me perdoem se citar em especial a Susana Meneses e a Guilhermina Bento com um desempenho fortíssimo nos seus papéis.
    O momento em que a Guilhermina veste a “Mariana”/rapaz, está fabulosamente bem representado, tanta a naturalidade emprestada ao acto.
    Quanto à Susana Meneses, as suas evoluções em cena estão divinais. Atenção a esta miúda !! Está em palco com um à vontade !!!!!

    Dois aspectos técnicos a corrigir se possível:
    - o som de fundo que esteve algumas vezes acima da voz dos actores dificultando a audição;
    - como são várias as cenas na taberna, solucionar com luz? a presença/ausência do balcão.

    Um aspecto negativo!? : não se pode contar com o piso superior da sala para ver teatro. Basta que as pessoas da 1ª fila se encostem à frente para tirar a visibilidade aos restantes.
    A sala foi assim, demasiado pequena para a estreia.

    ResponderEliminar
  14. mal encarado02/08/06, 10:28

    Em primeiro lugar kero dar os meus parabens por terem feito 1grandioso trabalho... e só tenho pena é de ñ ter tentado entrar na peça, mas pode ser k surja outra oportinidade e eu estarei lá, pk keria participar num enlenco desses tão divertido e vou fazer de tudo podem ter acerteza.........até ao meu regresso.....

    ResponderEliminar
  15. só por curiosidade
    o nome wadi-actos tem alguma explicação ou é assim porque sim?

    ResponderEliminar
  16. lili canecas03/08/06, 02:06

    O João Pedro teve muita bem.
    Parabéns a todos, continuem pf.

    ResponderEliminar
  17. Simplesmente ESPECTACULAR!
    Fui ver e fiquei positivamente surpreendida com a qualidade! Continuem. Mértola precisa deste tipo de incentivos.
    Força e muitos parabéns

    ResponderEliminar
  18. PARABENS MÉRTOLA:

    Finalmente, aquilo quer tanto esprava nasceu, nem que seja por uma noite! Merecemos ter uma companhia de teatro amador, para dar CULTURA a um concelho onde não se fala disso. Nao tive opotunidade de ir, pois não sabia. Creio que falta a publicidade devida a acontecimentos tão simples, mas, ao mesmo tempo, tão importantes!Lembrem-se, em Mértola, pouca população tem acesso à internet.(nalguns casos, até à leitura).

    ResponderEliminar
  19. Estiveram muito bem! Gostei!
    Conselho: continuem! MAs que não vos suba à cabeça! A humildade vale tudo! Nada de vaidades e de vedetismos!

    ResponderEliminar
  20. O texto da peça está na linha da melhor tradição neo-realista.
    Aqueles sim eram tempos de miséria e exploração, nem comida havia e uma sardinha era dividida por três.
    Ainda bem que há gente com coragem para recordar e não tem memória curta.
    Parabéns ao autor da peça.

    ResponderEliminar
  21. Joaquim Pedro Ferreira04/08/06, 13:32

    Agradeço em nome de todos e a todos pelos comentários cheios de elogios que o grupo recebeu.

    Obrigado pelos elogios ao meu texto. Sem a gente cheia de qualidade que pisou o palco para lhe dar vida, não valeria de grande coisa.

    Obrigado tokyo pelas excelentes críticas feitas. É verdade que a música esteve alta em alguns momentos. Será corrigido. Quanto ao balcão da taberna, estamos apaixonados por ele. Teremos que arranjar uma forma de ser mais rápido o seu aparecimento, ou alterar isso, mas penso que o balcão fica.

    Todo o elenco é composto de gente extra. Que salvo duas ou três pessoas nunca tinham pisado o palco. É um orgulho para mim (sem soberba) encená-los.

    Ninguém sabe o quanto trabalharam. Foram actores, contra-regra, aderecistas, cenógrafos e criadores de guarda-roupa sem nunca antes o terem feito. Aprendizes de feiticeiro. Deram-se.


    Mais do que tudo, enche-me de felicidade terem dado tanto de si à minha visão da Merenda na Contra-mina.

    Caro Curioso.

    O grupo chama-se Wadi Actos porque Wadi significa rio em árabe e o som se parece com Guadi-ana. O nome foi um parto difícil dentro do grupo, mas que foi muito divertido.

    Para aqueles que não viram a peça, em Setembro, em data ainda a determinar vamos repor a peça. Nessa altura divulgaremos de novo.

    Obrigado pelo vosso apoio e contem connosco para continuar.

    Joaquim Pedro Ferreira

    ResponderEliminar
  22. Infelizmente não me foi possivel assistir à estreia mas os ecos que me chegaram foram muito positivos. Parabéns fico à espera da reposição para poder aplaudir.

    ResponderEliminar
  23. Estive duas semanas fora e não assisti à peça mas já me contaram que perdi um momento de rara beleza dramática. Eu quero estar presente na próxima vez. Eu quero assistir na primeira fila. Eu quero. Pronto.

    Posso fazer um casting? Vá lá deixem-me curtir com vocês.

    ResponderEliminar
  24. Já foi de viagem de regresso a Mértola e na mala leva um abraço para vocês, colegas de teatro, do meu primogénito.

    ResponderEliminar
  25. Só cultura09/09/06, 15:02

    Acho este tipo de actividade interesante, para a dinâmica cultural da vila.

    ResponderEliminar
  26. O pessoal do grupo GAITA (Aljustrel)envia saudações a esses jovens que tomaram a iniciativa de se juntarem e fazerem um trabalho amador ( é bom não esquecer), que pelo que nos comunicaram, foi muito positivo!!
    Continuem a juntar-se e vivam o momento a recompensa virá depois, nem que sejam boas histórias para contar tal como acontece connosco!!
    Força amigos!!

    ResponderEliminar

Voltamos a ter comentários abertos, mas moderados. Agradecemos educação e cuidado com a linguagem.