Vamos falar de


sexta-feira, 26 de maio de 2006

Cavaco Silva em Mértola

O Presidente da República visita o Concelho de Mértola dia 29 de Maio. Questões sociais e as boas práticas que várias instituições estão a desenvolver no Concelho serão o tema de fundo da sua visita.
Especial destaque também para projectos como a Unidade Móvel de Saúde, Cartão Social do Municipio, Apoio Domiciliário e Lares de Idosos.

21 comentários:

  1. mal íngua21/05/06, 19:05

    o homem com aquelas fitas e atafais de comendador tá um pouco pendido.
    acho eu
    Ou então é o retrato que não tá direito.

    ResponderEliminar
  2. kuando for a manif vamos todos gritar

    kabako ! kabako ! kabako !

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  4. É curioso ter que ser um Presidente de Direita a ver a obra social do Concelho, em especial a realizada por instituições apartidárias

    ResponderEliminar
  5. Mértola esta de parabéns pelo trabalho social realizado, as provas estão a vista...

    ResponderEliminar
  6. Em vez de visitar Mértola com a dignidade que nos é devida " Misericórdia secção do nosso voluntariado e Camara Municipal" foi caminho dos Montes Altos para dar enfoque áquele comunista encapotado de benfeitor que é o EL GATO
    começa bem este presidente de direita só por sermos socialistas ele desprezou-nos.

    ResponderEliminar
  7. @anónimo da 1.39
    isso é conversa de comuna da pior espécie. Se não sabes distinguer alhos de bugalhos limita-te ao silêncio.

    ResponderEliminar
  8. A visita do Presidente a Montes Altos revelou bem como o projecto é importante e como a luta político-partidária em Mértola (mas há políticos em Mértola?!) impede que os responsáveis vejam e acarinhem um projecto único no Concelho!

    Basta ver como em toda a margem direita, mais rica e mais povoada, não há gente capaz de se lançar na aventura, estando à espera qu seja o Estado ou a Câmara a lançar a iniciativa.

    Faz mais quem quer do que quem pode

    ResponderEliminar
  9. Pro Atento cantas bem mas não me alegras, não gostas mas tens de gramar esta conversa. Aquilo que tantos anos levou a conquistar com a criação de um lobby junto da comunicação social deste país em pouco mais de um ano foi totalmente destruído. Mértola era sistemáticamente notícia pelo bom exemplo e trabalho desenvolvido em partenariado com algumas entidades sobejamente conhecidas deste concelho ADPM, Campo Arquelógico e todo um conjunto de entidades vocacionadas para o apoio social às populações.
    Agora o Jet 7 Local tomou conta destas iniciativas com o beneplácito camarário e o resultado está à vista qualquer pão amassado no Torneiro é mais visível que 50 iniciativas desenvolvidas em Mértola e a prova disso é o EL GATO ser notícia de primeira página de jornal e nós os verdadeiros socialistas que lhe proporcionamos todos os meios estarmos esquecidos e a ver a banda a passar.

    ResponderEliminar
  10. Um pequeno detalhe: a reunião sobre a exclusão foi na ***** estalagem da Mina *****. Exclusão é isso. Pelintra não entra.

    ResponderEliminar
  11. Gostei do detalhe ironico do Santigo, faço das suas as minhas palavras.

    A visita do presidente vem engrandecer figuras (se as são verdadeiramente)locais. Apenas por esse lado, venha lá saber-se porquê, foram enfocadas nem que seja por um dia, e até algum interesse mediático. Se a presença de tal ilustre figura trouxe algo de novo ou algum benefício? então fiquei por saber.

    O P. R. limitou-se a enaltecer o trabalho sem apresentar soluções, na minha opinião, nem ele as pôde dar nem as sabe concretizar. Apenas alguns elogios e pronto. E afinal, qual é a diferença de antes e depois do dia 29 de Maio? Pelo menos o Dr. Jorge Sampaio quando cá esteve ainda alertou na importância da Central Fotovoltáica na Mina, dando alguma publicidade ao tema, pelo menos é aquilo que ainda pode fazer. O Cavaco fez perguntas e mais perguntas e bateu palmas, para a historia ficou apenas a data e mais nada.

    O retrato do nosso concelho ficou a par com o de Alcoutim bastante proximo: Exclusão, pobreza, Velhice... nada de novo, poucas soluções. Apenas de positivo ficou o sublinhar de "boas pessoas" que (pelo que parece) isto era uma ruina. Por fim, fico contente por sermos acompanhados por verdadeiros herois, que me fazem dormir muito mais descansado.

    ResponderEliminar
  12. @Anónimo
    Sem qualquer tipo de dúvidas, se ainda as tinha fiquei esclarecido, és mesmo comuna e dos piores. Usas palas laterais como os burros, por isso só v~es pra frente. És tão socialsta como o Mao-

    ResponderEliminar
  13. Blé Martins31/05/06, 19:57

    Ora bem,

    Anóminos Falaram e Disseram.
    Ponto Final?
    Não senhores!

    Quando alguns estrangeiros nos visitam em Lisboa e os levamos a deslumbrarem-se com Sintra, uma das razões é porque, afinal, temos uma Sintra para mostrar.

    Politizem o que quiserem, vós “verdadeiros socialistas” como disseram, foram passados ao lado!? Não me parece. Até porque Montes Altos (e não Montes Claros como o DN insistiu em chamar-lhe) fica no concelho e o concelho até tem uma área muito considerável, não se limitando à vila. E depois, que temos na vila que se integre tanto na inclusão, no combate á exclusão, na reinserção, no apoio social de facto e no terreno? Uma associação social como o CSMA não deverá ser considerada um exemplo que só dignifica o concelho? Ou só aquilo que nós fazemos (ou os da nossa cor) é que tem algum valor? Cinquenta postos de trabalho torna-o no 3º maior empregador do concelho (1º a Câmara e 2º a Misericórdia). Se tal se deve em muito ao El Gato, como lhe chamaram, qual é o problema? Não se lhe reconhece esse mérito?
    Meus caros patrícios, se Mértola tem pouco, então tornemo-lo muito (e falo de trabalho).

    A visita do PR, com ou sem sapos à mistura, projectou o cú de Judas para as primeiras páginas dos media. E que tal daí tirar algum partido? (Mesmo com parteneridades ou lá o que é!)

    Um abraço mertolense, logo alentejano.
    Blé

    ResponderEliminar
  14. Só falta um detalhe. Manifestar apreço pelo trabalho e pela atitude do Sotero (as pessoas têm nome) e daqueles que o acompanham (que também têm nome e são muitos).

    ResponderEliminar
  15. Blé Martins31/05/06, 21:36

    Caro Santiago Macias, muito prazer.

    A referência foi feita (o tal mérito). O calor e o speed é que atrapalharam o texto.

    É claro que para quem conhece a obra, sabe bem que ela se deve a um colectivo. Mas a aglutinação dos diversos contributos a ele se lhe deve, à sua persistência e fé, e à entrega a esta causa.

    É digno do apreço de todos nós, por muito que isso custe a alguns.

    O Gato, El Gato, o Tói Diogo ou o Sotero, todos o sabem, são uma e a mesma pessoa, sendo que nenhuma das alcunhas o desmerece!

    À suivre...

    Blé

    ResponderEliminar
  16. Atento
    Sem qualquer tipo de dúvidas, se ainda as tinha fiquei esclarecido, és mesmo um neo-nazi e dos piores. Usas palas laterais como os burros, por isso só v~es pra frente. És tão fascista como o Salazar.

    ResponderEliminar
  17. @anonimo da treta
    Boa tirada, primou pela criatividade. :)

    ResponderEliminar
  18. Mértola (IPSS) aguardam a aprovação de algumas candidaturas e penso que esta visita foi bastante benéfica....

    ResponderEliminar
  19. falei e

    Eu não gostei do detalhe irónico do santiago que há detalhes que ele se esquece por conveniência ou por falta de memória.
    Quando o sampaio cá veio por causa do centro de saúde e o Cláudio torres não o largou o tempo todo houve almoçarada à do zé gordo e não me deixaram entrar os do campo arqueologico que estavam à porta. Exclusão é isso - pelintra como eu não entra nem nunca entrará pelos vistos, nem em restaurante nem em pensão nem em estalagem. Muda a politica cá mudam os presidentes lá mas os pelintras são sempre os mesmos. Eu que o diga nunca tenho lugar na mesa

    ResponderEliminar
  20. Como nunca almocei com nenhum Presidente da República nem nunca fiz de segurança não sei a que se refere. A expressão "Campo Arqueológico" continua a causar alguns engulhos... Dessa parte gosto.

    ResponderEliminar
  21. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar

Voltamos a ter comentários abertos, mas moderados. Agradecemos educação e cuidado com a linguagem.