quarta-feira, 26 de abril de 2006

Mortes prematuras

Em 15 dias foram duas. Duas mortes de gente jovem, duas mortes com protagonistas comuns, a estrada e as motos.

Não é meu propósito culpabilizar nada nem ninguém, eu próprio protagonizei recentemente um acidente aparatoso felizmente sem sequelas físicas para ninguém.

Mas é meu objectivo, fazer-nos parar para pensar.

Será que vale a pena arriscar como se arrisca? Será que compensa?

segunda-feira, 24 de abril de 2006

Ministro do Ambiente no Concelho

O Ministro do Ambiente, Francisco Nunes Correia, visita o Concelho de Mértola no próximo dia 26 de Abril. Do programa da visita constam inaugurações dos sistemas de abastecimento domiciliário de água e drenagem de esgotos de Alcaria Ruiva, Corte da Velha, Corte Gafo de Cima e Corte Gafo de Baixo bem como a sessão pública de apresentação dos 40 projectos de saneamento e repavimentação de arruamentos.

Esta informação, cruzada com os artigos anteriores “Dois breves apontamentos sobre ambiente...” e “Comemorações do 25 de Abril” deixa-nos estupefactos. Estamos a comemorar 32 anos da revolução de Abril e estamos ao mesmo tempo a discutir temas tão básicos como abastecimento de água, atentados ambientais e apresentação pública de 40 projectos de saneamento? Alguma coisa realmente não está bem. Ou temos aqui um fenómeno de deslocação temporal e estamos realmente a viver fora do nosso tempo ou o nosso atraso é assustador.

Vale a pena pensar no tema, encarar a realidade dos factos, tentar perceber os motivos para tal situação e encontrar as soluções para ultrapassar o atraso.

Que volte o ministro para inaugurar os 40 projectos que agora são apresentados, mas que volte rapidamente para que não tenhamos mais motivos para notícias de atentados ambientais no nosso território.
Sobre o assunto:

Europeu e Mundial

Pois bem...cá estou eu mais uma vez aventurando-me por aqui, a deixar a minha marca... desta vez vou falar sobre o Europeu de sub21, que se realizará no nosso Portugal, e o Mundial na Alemanha.
O europeu começa no dia 23 de Maio e vai até 4 de Junho. Penso que seremos bem representados e a jogar em casa (mesmo que fosse noutro pais) a nossa selecção tem grandes possibilidades de acabar com o troféu...
Quanto ao mundial...primeiro tenho de mencionar a grande baixa que a selecção já sofreu: Jorge Andrade. O nosso melhor central lesionou-se gravemente e não vai recuperar a tempo do mundial. Apesar disto, penso que a selecção das quinas pode repetir o que fez no europeu de 2004, e assim sonhar com lugares altos (meias-finais, talvez a final...)!!! Não digo que não sonho com uma vitória, porque na verdade até acredito, mas para isso teremos de medir forças com as melhores selecções do mundo (Brasil, México, França,...)!! Mas eu acredito, e vocês???? Tal como o reclame da Galp diz "quero ainda mais!!!" Também importante de referir, segundo a minha perspectiva, é que Angola será representada pela primeira vez pela sua selecção numa fase final dum campeonato do mundo!!
O que sei é que, como fanático que sou pelo futebol (principalmente pelo slb e pela selecção) irei acompanhar todos os jogos das quinas (ou pelo menos aqueles que tiver tempo devido à disponibilidade escolar...=S)!! Penso que o que seria mesmo lindo seria que o apoio que se deu no europeu se desse aos sub21 e à seleclção A nem que fosse a distância...

domingo, 23 de abril de 2006

Dois breves apontamentos sobre ambiente...

1º- No mês passado foi posto a discussão, sem grande sucesso, a questão da energia nuclear. O aparente desinteresse é revelador, talvez, da escassa informação objectiva e acessível sobre Energia que circula na comunicação social. Assim, parece-me oportuno partilhar este artigo (é extenso, mas elucidativo) que, em linguagem acessível, esclarece muitos dos mitos e falácias em torno das Energias (atómica, renováveis, etc,)… 2º- O jornal Correio da Manhã, de sexta-feira, noticiava: Mértola: Moradores de Penedos denunciam crime ambiental. Câmara despeja fossas a céu aberto. Ao ler o artigo, recordei-me de uma conversa que tive, um par de anos atrás, com um colega de Universidade, oriundo de um país Escandinavo, estudante de Erasmus em Portugal. A determinado momento fui confrontado com a questão: “porquê se gasta tanto dinheiro a “embelezar” rotundas em Portugal?”, inicialmente melindrado, avancei com algumas possíveis razões: talvez um sintoma de novo-riquismo… talvez porque a sociedade é cada vez mais influenciada pelo que vê, em detrimento do que lê e ouve… e o que vê, normalmente, vê através da janela do automóvel, etc. A tudo isto, o outro, laconicamente, respondeu: “afinal o “vosso” atraso estrutural é irrisório, comparativamente ao cultural!”

Não é que o “marmelo” do escandinavo talvez tenha razão!

É uma situação lamentável, mas não surpreendente em Portugal (basta folhear os jornais), e injusta para alguém que tem revelado uma sensibilidade e consciência ambiental atípica para um autarca.

JDR

quarta-feira, 19 de abril de 2006

Comemorações do 25 de Abril

O Cine Teatro Marque Duque volta a ser palco para o programa oficial das comemorações do 25 de Abril em Mértola. Na noite de 24 de Abril pelas 21:30h terá lugar naquela sala um espectáculo com os grupos:
Last Hymn
Último Hino a José Afonso
Nuno do Ó
Elementares

Clique aqui para ver o programa completo.

terça-feira, 18 de abril de 2006

As mansas águas do lago


Redacção

“Eu cá gosto muito da Prima vera porque é quando á muitos paçarinhos cantandem ensima das arves. Os paçarinhos fazem os ninhos e são muito bonitos todos . Eu ca gosto muito deles e da minha mana Lena e ela tamem gosta muito de paçarinhos cantandem.
10 erros e ¼ (assinatura da sra. professora ilegível)
(Bruno 2ª Classe)


Olá amiguinhos. Não resisti à publicação de mais esta pérola do meu irmão. Na idade da inocência, quão comovente é a sua péssima relação com a ortografia!
Deliciada com estes pequenos nadas, refresco-me nas mansas águas deste imenso lago que é a vida procurando insistentemente um sentido para ela.
.
Lena

segunda-feira, 17 de abril de 2006

GNR: Militares da corporação apresentam queixa no Posto de Castro Verde


Três militares da Guarda Nacional Republicana do Posto de Castro Verde apresentaram uma queixa-crime contra o caricaturista do jornal “O Ás” e o presidente do Clube de Futebol Guadiana de Mértola, em causa estão pretensas agressões ocorridas no final do jogo entre este clube e o São Marcos, jogado no dia 26 de Março em São Marcos da Ataboeira.

No final do jogo ter-se-ão registado cenas menos próprias para campos desportivos, o que levou o Clube de Futebol Guadiana de Mértola a emitir, no dia seguinte ao jogo, 27 de Março, um comunicado denominado “Violência no futebol distrital”, onde a direcção do emblema mertolense acusa alguns jogadores do São Marcos de terem: “agredido de forma selvagem um dos jogadores, o qual teve que receber assistência hospitalar”.

Mais à frente no documento a direcção do Guadiana acusa os militares da Guarda Nacional Republicana do Posto de Castro Verde, presentes no campo,afirmamdo que: “toda a violência aconteceu perante a passividade dos agentes de segurança que não chegaram a intervir em defesa do jogador agredido”.

Quanto ao jornal o Ás na edição de 28 de Março, publicou um cartoon, da autoria de Paulo Costa, relativo ao assunto onde aparece um elemento da GNR tapando os olhos e a dizer que não quer ver as agressões e o jeep a abandonar o local, com um dos ocupantes a afirmar: “Temos que ir que aqui não se passa nada”.

Foram estas duas situações que originaram a apresentação de uma queixa em 29 de Março no Posto da GNR de Castro Verde, por parte de três militares da referida sub-unidade, presentes no campo de São Marcos, contra o presidente do Guadiana de Mértola e o caricaturista do jornal.

Segundo informações prestadas pelo oficial da Relações Públicas da Brigada Territorial N.º 3, Capitão Manuel Jorge, que confirmou a apresentação da queixa, porque “os militares sentem-se ofendidos na honra, consideração e imagem e entendem ser caluniosas as palavras do comunicado e as imagens do cartoon”.

Agora resta esperar que os acusados sejam ouvidos e expliquem de sua justiça, as razões da emissão do comunicado, isto por parte da direcção do Guadiana de Mértola, e do cartoon, por banda do caricaturista do jornal “O Ás”.
Teixeira Correia
In Rádio Voz da Planicie Emissão Online

2º Encontro de Poetas Populares do Sul no Pomarão

quinta-feira, 13 de abril de 2006

Outras páginas

Lançamos a partir de hoje uma nova secção com páginas destinadas exclusivamente à escrita e à imagem criativa. Os bloguistas que tenham "queda" para a escrita e para a imagem, podem enviar-nos os seus textos, fotos ou outro tipo de imagens para publicação nas novas páginas cujos links estarão no canto superior direito do Blog.

terça-feira, 11 de abril de 2006

"Recolher porta a porta a memória ainda viva"

Na passada edição de domingo do Jornal de Notícias, a reportagem Colectividades de Portugal foi sobre a ACEA - Associação Cultural Erica andevalensis da Mina de S. Domingos.

Artigo JN


JDR
acea.info@gmail.com


segunda-feira, 10 de abril de 2006

Dá um jeitão o Estado não ser laico umas quantas vezes por ano

“ … Concordo consigo que é uma contradição isto da laicidade do nosso Estado. É, até, uma incoerência. Vejamos: nesta época de Páscoa, todos irão aproveitar os feriados religiosos. Mas nem todos são cristãos. Não nos passa pela cabeça apresentarmo-nos ao trabalho a pretexto de não sermos cristãos. Ou passa? Por isso, a laicidade é tão contraditória quanto a mentalidade dos homens. É para quando dá jeito. E dá um jeitão o Estado não ser laico umas quantas vezes por ano.” Sic

“ …Mas que anda baralhado/a, isso anda...é que a separação da Igreja do Estado...isto é a laicidade do Estado, não é tão recente como pensa. Está a confundir com a revolução do 25 de Abril de 1974 e com a nova Constituição da República de 1976.” Sic
”…Fez bem em repor os factos históricos” sic

“ … por acaso não me lembro onde estava no dia 20 de Abril de 1911, mas lembro-me onde estava no dia 25 de Abril de 1974.” Sic

“…Pode teimar que não muda a história!Prevaleça a "Crítica do Juízo" de Kant.” Sic

“Eh pá! Já duplicam opiniões...deve ser previlégio especial... “ sic
.
Nota: a presente colagem de textos é da m/ exclusiva responsabilidade e pretende tão só CHAMAR A ATENÇÃO de forma TELEGRÁFICA para o debate substantivo contido nos comentários que se republicam na Íntegra sobre o assunto.
.
O presente post não é uma continuação de nenhum outro.
.
Editado por Tokyo

Inquéritos


Publicamos os resultados do inquérito que temos vindo a promover sobre a forma como devem ser geridos os comentários no Blog, deixando a cada um de vós a leitura desses mesmos resultados. Lançamos também um novo inquérito, desta vez sobre a construção da ponte do Pomarão.

sexta-feira, 7 de abril de 2006

Até onde podemos ir na defesa da natureza e da paisagem?

No norte, uma espécie rara de ratos pode impedir a construção de uma estrada e em Mértola, a paisagem pode impedir a construção da Ponte do Pomarão. Esta é uma realidade com que nos confrontamos mas por vezes difícil de entender.
Uma coisa é certa, as obras da Ponte do Pomarão com início imediato agendado foram proteladas por interferência de ambientalistas.
Tema sugerido por
"O Mundo dos Livros"
Imprensa Espanhola sobre o assunto

quinta-feira, 6 de abril de 2006

Merturis apresenta produtos tradicionais de Mértola no Porto e associa-se ao Hotel Melius para promoção de produtos de Mértola

A Merturis, Empresa Municipal de Turismo de Mértola, com o apoio da GESTO, Objectos Culturais, do Porto, organiza na cidade Invicta uma mostra de produtos tradicionais do concelho. Tecelagem, mel e produtos derivados, chás, velas de cheiro, essências, para além de publicações que versam sobre temáticas locais (história, arqueologia, etnografia), são os produtos que se podem encontrar na sede da Gesto, localizada na Rua Marechal Saldanha, número 24, no Porto.
Lampreia e ensopado de enguias, ao jeito do Pomarão, são os pratos que estarão na base do jantar promocional de produtos do concelho de Mértola, que se realizará no dia 22 de Abril, sábado, a partir das 19,30 horas, no Restaurante do Hotel Melius, em Beja.

Conferência no Cine Teatro

O Museu de Mértola promove no Sábado dia 8 de Abril, pelas 21.00horas no Cine-Teatro Marques Duque a conferência “O couro e o Islão na Península Ibérica: marcas para além do mito” proferida pelo Dr. Franklim Pereira, e espectáculo de Sitar “Índia, 1980-2004: devaneios entre imagens” por Franklim Pereira e Ana Caldas.

segunda-feira, 3 de abril de 2006

Património paisagístico

Esta paisagem que ontem captei perto de Mértola deixou-me a pensar em algumas questões que gostava de partilhar:
- Primeiro será que a agricultura para alem do papel produtivo, não tem um outro que é contribuir para o desenvolvimento turístico, por exemplo os rebanhos são uma das imagens de marca do Alentejo, e em que medida é que os produtores podem ou devem ser compensados por isso.
- Este ano felizmente temos o Alentejo bem verde, aparentemente com bons cereais o que nesta altura do ano já não vem sendo habitual, mas todos sabemos que à excepção dos terrenos mais próximos de Beja, os restantes são pouco rentáveis, mas os cereais tem também um papel enriquecedor da paisagem, contribuem para alimentar outros elementos importantes da nossa paisagem como sejam um vasto conjunto de aves de onde me permito destacar as cegonhas.

Beatriz Gomes mais um titulo Nacional


Beatriz Gomes foi mais uma vez o destaque entre os atletas do Clube Náutico de Mértola ao revalidar o Titulo Nacional de Fundo de Seniores Femininas, Pedro Sequeira merece igualmente referência especial ao ter alcançado o 4º lugar na categoria de C1 Cadete.
As outras embarcações de Mértola alcançaram os seguintes resultados:
C1 Junior
Daniel Baiôa – 7º
K1Cadete
Rafael Luz - 41º
K1 Infantil
João Brito­ - 25º
K1 Sénior
Élio Henriques - 32º
Frederico Silva ­ - 39º
David Afonso­ - 59º
Daniel Gondim - 63º
K1 Junior
Mário Sousa - 27º

Colectivamente o Clube Náutico de Mértola Classificou-se em 13º Lugar entre os 41 Clubes participantes. Os clubes primeiros classificados foram, Prado, Crestuma e Gemeses.
Além do Campeonato Nacional de Fundo disputou-se igualmente no passado fim de semana a Taça Nacional de Fundo Tripulações, nesta competição Mértola classificou-se colectivamente em 20ºlugar.

VII Feira do Mel, Queijo e Pão - II Mostra de Produtos de Agricultura Biológica


Programa

28 de Abril
17h00 – Abertura da Feira
Animação de Rua Companhia Marimbondo
18h00 – Abertura Oficial
19h00 – Grupo de Cantares de Mértola
21h00 – Grupo de Música Popular “Os Malteses”

29 de Abril
11h00 – Abertura da Feira
Colóquio
12h00 – Animação com o grupo “Trigo Roxo”
15h00 – Demonstração de Rádio-Modelismo 1/8TT
18h00 – “Violas Campaniças”
20h00 – Grupo Etnográfico Rouxinóis do Alentejo”
21h00 – Grupo de Música Tradicional “Roda-Pé”
30 de Abril
10h00 – Abertura da Feira
13h00 – Acordeonista
15h00 – Grupo Coral “As camponesas de Castro Verde”
16h00 – Grupo Coral Guadiana de Mértola
17h00 – Grupo de Música Tradicional “Palhas e Moínhas”
19h00 – Encerramento da Feira

Promoção Câmara Municipal de Mértola
Organização CMM/ADPM

Agenda Cultural da Primavera

Está já disponível on-line a nova agenda cultural da Câmara Municipal de Mértola. A versão em papel estará disponível nos próximos dias.
As actividades que por falta de espaço não foram incluidas na agenda podem ser consultadas aqui.

Lampreia

Ontem Domingo tive oportunidade de saborear num restaurante do Concelho de Mértola um delicioso almoço de lampreia, que estava simplesmente maravilhoso, e que me deixou mais uma vez a pensar na riqueza da nossa gastronomia e como ela pode ser um dos principais atractivos e factores de desenvolvimento da nossa região.
Esta iguaria quando bem feita como foi o caso é um prato fantástico, existem felizmente muitos outros na nossa gastronomia.
Gostaria de com este Post colocar em discussão o tema da gastronomia como factor de desenvolvimento, o que pensa que pode ser feito para potenciar mais e melhor, já agora quais os principais pratos que devem constituir essa aposta.

domingo, 2 de abril de 2006

Já apetece praia e brincar na areia

Redacção
Eu cá já fui à praia e gosto muito de ir à praia
O mar tá cheio de água salgada e há muita areia e a gente pode lá jogar à bola.
A minha mana Lena gosta muito de brincar na areia
Eu cá quando for grande tamém quero brincar na areia.
(Bruno, 2ª classe)

sábado, 1 de abril de 2006

Método revolucionário de achar cogumelos


.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.

Não há dúvida, é realmente verdade que quando menos esperamos é que nos aparece aquela inspiração momentânea para descobrirmos coisas novas. Ontem descobri uma maneira inacreditável, tecnológica mesmo, mas muito eficaz sobre a melhor maneira de achar cogumelos e túberas. É assim, vamos à Internet e ligamo-nos ao Google Earth. Seguidamente procuramos uma zona do concelho de Mértola, de preferência um pouco a norte da vila (para os lados da Corte de Gafo) e pronto! Aí está! Aproximando ao máximo conseguimos ver nitidamente pequenos sulcos ou pequeninos pontos brancos no terreno. Tais sulcos ou pontos não enganam, são mesmo cogumelos ou túberas que ali estão a despontar da terra. Fácil, não é? Basta imprimir aquela zona do mapa e ir lá ao sítio com um sacho que é só encher o cesto.